siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Defesa Civil Estadual mantém alerta sobre volume de chuvas no estado Sergipe

10 de Julho de 2019, 14:21

Defesa Civil diz que volume de chuva é quatro vezes maior que o esperado na capital. Em 24 horas foram registrados 160 mm,. Só nas primeiras seis horas desta quarta-feira (10) foram mais de 54 mm.

Segundo informações passadas pela assessoria da prefeitura de Aracaju, até a manhã desta quarta-feira (10), nas últimas 24 horas foram registrados 150mm, volume muito acima do esperado para a época. Ainda segundo a PMA, durante toda a noite foram 86.4mm e nas madrugada cerca de 52.8mm nas últimas 6h, quando o esperado eram 35 milímetros.

A previsão climática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de continuidade de chuvas em todos os territórios sergipanos. Por conta disso, o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência Social e do Trabalho (Depec/Seit) reforça alerta de chuvas em perigo potencial. Em Indiaroba, na região Sul, seis famílias ficaram desalojadas devido a possibilidade de deslizamento no local.

De acordo com o secretário executivo do Depec, major Luciano Queiroz, a equipe da Defesa Civil recebeu o alerta na noite de ontem (09) e está em contato com a prefeitura caso surjam novas intercorrências. “Fomos comunicados que algumas casas em Indiaroba corriam risco de deslizamento em massa, então, encaminhamos a resposta para a equipe do Corpo de Bombeiros para fazer o levantamento dessa área. Lá, foi constatado que seis casas estavam em perigo nessa localidade de encosta. Então, orientamos que essas pessoas fossem realocadas de suas residências até que a situação se normalize”, informou.

Conforme boletim enviado pelo Inmet, ocorrerão entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia de chuvas nas próximas 72 horas com maior incidência nas primeiras 24 horas, com risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e possibilidade de transbordamento de rios em alguns pontos do estado. Neste relatório estão incluídos os municípios de Aracaju, Arauá, Areia Branca, Barra dos Coqueiros, Boquim, Brejo Grande, Campo do Brito, Canhoba, Capela, Carira, Carmópolis, Cedro de São João, Cumbe, Divina Pastora, Estância, Feira Nova, Frei Paulo, Gararu, General Maynard, Gracho Cardoso, Ilha das Flores, Itabaiana, Itabaianinha, Itabi, Itaporanga D’Ajuda, Japaratuba, Japoatã, Lagarto, Laranjeiras, Macambira, Malhada dos Bois, Malhador, Maruim, Moita Bonita, Monte Alegre de Sergipe, Muribeca, Neópolis, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora do Socorro, Pacatuba, Pedra Mole, Pedrinhas, Pirambu, Porto da Folha, Poço Redondo, Riachuelo, Riachão do Dantas, Ribeirópolis, Rosário do Catete, Salgado, Santa Luzia do Itanhy, Santa Rosa de Lima, Santo Amaro das Brotas, Simão Dias, Siriri, São Cristóvão, São Domingos, São Francisco, São Miguel do Aleixo, Tobias Barreto, Tomar do Geru, Umbaúba e Aquidabã.

Além disso, o Centro de Hidrografia da Marinha do Brasil (CHM) também emitiu um alerta comunicando risco de ressaca atingindo a costa com incidência de ondas de 2,5m de altura entre o litoral norte da Bahia e de Sergipe, ao sul de Aracaju (SE), até a noite desta quarta-feira (10). Diante disso, o boletim do CHM ressalta que “é imprescindível que evitem navegar até que a situação se normalize”.

Ainda dentro das orientações correlacionadas ao período chuvoso, a Defesa Civil Estadual recomenda que a população se mantenha atenta e evite enfrentar o mau tempo. É preciso redobrar a atenção às alterações nas encostas e evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. “As pessoas devem ficar atentas aos eventos de chuva que possam trazer prejuízos, permanecendo abrigadas em lugares seguros. As coordenadorias de Defesa Civil nos municípios também devem se manter em alerta, para o caso de precisar acionar seus planos de contingência em áreas de risco”, reforçou o secretário executivo da Defesa Civil Estadual, major Luciano Queiroz.

Quem desejar receber os alertas da Defesa Civil via SMS, deve enviar mensagem para o número 40199, informando o CEP da localidade sobre a qual deseja saber. Situações de emergência devem ser informadas pelo telefone 193. Na capital, intercorrências também podem ser comunicadas pelo número 199.

Com informações da ASN

Foto Pritty Reis

  • Medium 5183ebb738d3e281e4f103a5aa618087