siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Emurb registra furto de sete mil metros de cabos de iluminação pública

12 de Janeiro de 2018, 07:22

Nem a atuação vigilante e preventiva da Guarda Municipal e as rondas da Polícia Militar estão inibindo as ações de vândalos e criminosos que furtam e danificam o parque de iluminação pública de Aracaju, composto por quase 60 mil pontos distribuídas nos 40 bairros da capital. Nos últimos meses, foram furtados aproximadamente sete mil metros de cabos e outros equipamentos que compõem, como alças, armação secundária, isoladores, e em alguns locais deixaram apenas a estrutura do poste. A recorrência desse tipo de crime tem causado prejuízo que soma mais de R$ 50 mil e prejudica milhares de aracajuanos, forçando a Empresa Municipal de Obras e Urbanização a prestar Boletim de Ocorrência (BO) a fim de tentar coibir os atos criminosos.

Os furtos da fiação, cabos, luminárias, controles elétricos, braços e até postes provocam a interrupção na iluminação pública em várias ruas, avenidas, praças e outros logradouros que ficam às escuras. Exemplos da dimensão dos prejuízos e da ousadia de pessoas mal-intencionadas podem ser comprovadas com a retirada ilegal de mais de 1.200 metros da ponte da Coroa do Meio; 1.100 metros da avenida Beira Mar; 960 metros da praça Zilda Arns, bairro Jardins; 850 metros da praça São Judas Tadeu, na rotatória do Luzia; além de outros locais onde foram identificados furtos na rede.

De acordo com o presidente da empresa municipal, Sérgio Ferrari, mesmo com os esforços de recompor o déficit encontrado na iluminação pública, os furtos na rede só causam mais prejuízos e prejudicam a população. "É entristecedor informar que, ao mesmo tempo que mantemos equipes de trocas de lâmpadas até durante as madrugadas, somos informados sobre estes casos de furtos, inclusive em número considerável e com uma recorrência também muito grande. Ou seja, na medida em que a Prefeitura faz a sua parte, algumas pessoas praticam estas ações reprováveis e possíveis de punições. Já notificamos os órgãos competentes  e esperamos que a população também seja parceira nesta tarefa, já que ao final todos seremos prejudicados", pontua Ferrari.

Ainda segundo Ferrari, a partir do momento que o município assumiu os serviços de manter, operar e prestar serviços de atendimento aos consumidores e usuários de espaços públicos, a gestão municipal tem trabalhado para equacionar os problemas na iluminação. "Com a Resolução Normativa número 414, da Agência Nacional de Energia elétrica (Aneel), o prefeito Edvaldo Nogueira tem nos recomendado os investimentos necessários para deixar Aracaju bem mais iluminada. E temos feito um esforço para prestar assistência técnica a um parque de iluminação composto por quase 57 mil luminárias, e que chegamos a atender mais 2.000 lâmpadas por mês. Entretanto, os furtos que teimam em ocorrer compromete o planejamento para a cidade", conclui.

Denúncia

Muitas pessoas que moram nas adjacências dos locais onde houve os furtos, confirmam que presenciaram a ação, mas não denunciam por temer retaliação. A PMA apela à população que denuncie os criminosos e acione a unidade de segurança pública mais próximo, seja a Polícia, através do número telefônico 190, ou a Guarda Municipal, através do telefone 153. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Solicitação

A Emurb disponibiliza para a população dois tipos de serviço na área de iluminação pública. Para lâmpadas queimadas, o cidadão deve ligar para o call center, por meio do número 0800-642-4343 ou pelo aplicativo Telegram. Basta procurar o usuário Geolux e dar um "Oi" pra começar o diálogo. O atendimento é interativo e georeferenciado. Já para a implantação ou melhoria de iluminação existente, a solicitação deve ser feita através do número (79) 3179-1619.

Foto assessoria

 

  • Medium 0ec9b05a4efe176c1ffa86916570ee9a