siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Palestra traz síntese do Trabalho da Capitania dos Portos em Sergipe

05 de Dezembro de 2018, 10:42

Atendendo a um requerimento de autoria do deputado estadual Luciano Bispo (MDB), a Assembleia Legislativa de Sergipe promoveu durante o Grande Expediente da sessão dessa terça-feira (4), uma palestra sobre a Marinha do Brasil, ministrada pelo Capitão de Fragata Alessandro Pires Black Pereira, que deu ênfase às atividades desenvolvidas pela Capitania dos Portos em Sergipe, externando também suas preocupações.

Segundo ele o verão é o período que mais requer atenção da Marinha. “Ampliamos nosso trabalho de fiscalização com relação às embarcações que fazem o transporte das pessoas, além daqueles como o jet ski, que as vezes está associado com bebidas alcoólicas”, disse, anunciando que a proposta é ampliar a atuação em relação a 2017.

Em seguida, o representante da Marinha destacou o projeto social “Segundo Tempo”, desenvolvido com crianças da escola municipal Bebé Tiúba, sempre no contraturno escolar.  “Promovemos a prática esportiva com crianças de escolas que não têm ginásio ou professores de educação física. Fornecemos o uniforme, a alimentação e a cidadania. A gente não foca apenas na prática esportiva, mas na educação”, completou, citando visitas a museus, oceanário, além de outros espaços.

Mais adiante, ele destacou a chegada de 10 barcos fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e o Ministério dos Esportes. “As crianças terão a oportunidade de conhecer a prática da vela graças ao programa Forças no Esporte, reconhecendo a importância econômica do mar, como ele pode ser trabalhado, sem esquecer a questão do meio ambiente”, disse, ressaltando ainda que muitas crianças estão aprendendo a nadar antes de terem contato direto com o mar.

Ele também destacou eventos de inclusão realizados pela Capitania dos Portos.  “Como forma de despertar isso nos transportadores do mar, nós criamos a inclusão no mar e já adaptamos uma embarcação para grupos de deficientes mentais e crianças com câncer e agora vamos fazer com deficientes visuais e, em 2019, com um grupo de cadeirantes”.

Por fim, o Capitão Black convidou a todos para uma regata que será realizada no próximo dia 16, em parceria com o Iate Clube, para celebrar o Dia do Marinheiro, comemorado no dia 13 de dezembro. “Reativamos esse evento náutico. Infelizmente o nosso rio Sergipe está bastante assoreado e muitas embarcações de grande porte não têm acesso, mas topamos realizar essa regata para motivar a todos os velejadores do Estado a participarem e desenvolverem a mentalidade marítima e o gosto pela atividade”.

Por Habacuque Villacorte

Foto: Jadílson Simões