Barra: Usina termoelétrica da Celse foi vendida

13 de Janeiro de 2021, 15:33

A Usina Porto de Sergipe, localizada na Barra dos Coqueiros e considerada a maior termoelétrica a gás natural da América Latina, está praticamente vendida. A New Fortress Energy (NFE), com sede em Nova York, fechou acordos para comprar a Hygo Energy (Golar Power), joint venture 50-50 entre a Golar LNG e a Stonepeak Infrastructure Partners, em uma operação de US$ 5 bilhões, que inclui a compra da Golar Partners, dona da usina instalada em solo sergipano.

A NFE vai assumir o controle do principal player do mercado brasileiro para infraestrutura e comercialização de gás natural liquefeito (GNL), em projetos integrados com geração de energia (gas-to-powe). A Golar Power, com foco no Brasil, e a Golar Partners operam e detêm unidades flutuantes de regaseificação (FSRUs) e navios para transporte internacional de GNL. Junto com a compra da Golar Power, foram anunciados acordos com a BR Distribuidora.

A Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I poderá atender 15% da demanda de energia do Nordeste, o equivalente a 16 milhões de pessoas. Com potência de 1,5 GW, a usina é responsável por converter gás natural liquefeito em energia elétrica. A usina foi construída pelas Centrais Elétricas de Sergipe (Celse) e representou um investimento da  ordem de R$ 6 bilhões. Além da termoelétrica, Sergipe dispõe hoje do primeiro terminal privado de GNL, integrante do projeto da Celse, com capacidade de regaseificação de até 21 milhões de m³/dia e possibilidade de atendimento a diversas demandas de GNL e gás natural.

Por Destaquenoticias