CDL: Abertura do comércio já reflete nas consultas ao SPC

01 de Julho de 2020, 16:53

Se as consultas ao banco de dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), controlado em Aracaju pela CDL, caíram 26% em relação a junho de 2019 com junho de 2020, o mesmo já não se pode dizer no comparativo de maio deste ano com junho de 2020, face à pandemia do COVID-19.

 

Dados do SPC da CDL Aracaju mostram que de maio a junho deste ano, as consultas cresceram 16,7%, o que representou, segundo o presidente da entidade, Brenno Barreto, “algo em torno de duas mil consultas no período de 30 dias”.

 

Para ele, isso já é o retrato da abertura das atividades do comércio, que foram autorizados há 15 dias e essa semana, refletindo diretamente nas consultas dos lojistas e associados ao banco de dados do SPC Brasil.

 

Presencial – Em razão da abertura de alguns segmentos de  comércio e serviços, como é o caso da CDL, livrarias, papelarias, concessionárias de automóveis e outros, também a entidade abriu suas portas ao público para as consultas presenciais a partir desta segunda-feira, 29.

 

“Estamos rigorosamente seguindo as regras de distanciamento social e cuidados com a prevenção, mas também as consultas no balcão, em nossa sede, já registraram uma média diária de 68 ao dia”, destacou.

 

As consultas das pessoas continuam podendo ser feita também pela internet, sem ser presencial, no site do SPC, janela SPC Consumidor, ou na sede da CDL, rua Santa Luzia, 571, bairro São José.

 

Por Elton Coelho