siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Em Sergipe, depósitos de poupança aumentaram 11% no mês de setembro

08 de Novembro de 2018, 15:49

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) do Banco Central, revelou que os depósitos na caderneta de poupança no estado totalizaram mais de R$ 6,2 bilhões, em setembro deste ano.

Em termos relativos, quando comparado com os depósitos feitos no mesmo mês de 2017, notou-se elevação de 11%. Já no comparativo com o mês imediatamente anterior, agosto último, verificou-se alta de 1,8%.

No acumulado do ano (janeiro a setembro), o depósito na caderneta de poupança atingiu R$ 53,5 bilhões, situando-se 8,7% acima do registrado no mesmo período do ano passado. Todas as variações elencadas são em termos absolutos, ou seja, sem considerar o efeito da inflação no período.

Financiamentos Imobiliários em Setembro/2018

O total dos financiamentos imobiliários concedidos no estado, no mês analisado, com recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) foi mais de R$ 30,6 milhões.

O SBPE é integrado por instituições financeiras especializadas na concessão de financiamentos habitacionais, tendo como fontes de recursos os depósitos em caderneta de poupança e repasses dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Decompondo o montante dos financiamentos, observou-se que mais de R$ 30,4 milhões, ou 99,3%, foram destinados à aquisição de imóveis residenciais e comerciais, enquanto que apenas 0,7%, ou aproximadamente R$ 206 mil, corresponderam a tomadas de crédito para gastos com construção, aquisição de material de construção, reforma ou ampliação de imóveis.

NIE/FIES