siga nossas
redes sociais:

Governo se reúne com a Sergás para tratar da revisão do contrato de concessão

11 de Julho de 2019, 16:44

A reunião ocorrida nesta quarta-feira visou a renegociação dos termos do contrato de concessão em conformidade com a notificação realizada pelo governador Belivaldo Chagas

A primeira reunião entre os representantes do Estado, na condição de poder concedente, com a diretoria da SERGAS, para discutir o Contrato de Concessão da empresa, foi realizada na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec). O encontro objetivou a renegociação dos termos do contrato de concessão em conformidade com a notificação feita pelo Governo do Estado. Na oportunidade, estavam presentes os representantes da Procuradoria Geral do Estado (PGE), SERGAS, Sedetec e Agência Reguladora de Serviços Públicos (Agrese).

O secretário do Desenvolvimento Econômico, José Augusto Carvalho, fez uma breve exposição sobre os objetivos e a importância da reunião, ressaltando a expectativa e confiança de que as partes envolvidas encontrem uma saída viável para a pretendida revisão contratual. “Queremos estabelecer parâmetros que assegurem aos consumidores sergipanos o cumprimento, pela SERGAS, do seu objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social de Sergipe”, disse.

A primeira reunião serviu para o alinhamento de percepções e leitura de tudo aquilo que o governo pretende. Além disso, os diretores da SERGAS, representantes dos sócios Mitsui e Gaspetro, se comprometeram a manter contato com suas diretorias para apresentação de uma posição formal em relação aos itens apresentados pelo estado na referida pauta.

“O contrato de concessão tem mais de 25 anos de existência, por isso estamos trabalhando para adequá-lo à nova realidade de Sergipe e do mercado.  Queremos melhorar os serviços, e expandir a rede de distribuição, visando o cumprimento do interesse social envolvido na prestação de serviços com uma concessionária pública, especialmente quanto à modicidade da tarifa”, completou o secretário José Augusto.

Foto: Arthuro Pagninne