Marcos Aurélio: Teremos mais 43 mil desempregados até dezembro

14 de Setembro de 2020, 10:30

Os numeros são alarmantes, estamos falando de mais 43 mil sergipanos desempregados até o mes de dezembro de 2020, agravando ainda mais a crise econômica que nosso estado enfrenta. Foi o que revelou o administrador e radialista  Marcos Aurélio, baseado na informação do grupo LIDE, que reúne algumas das principais empresas sergipanas. Marcos Aurélio está construindo o que ele denominou de "Projeto Aracaju", que é um movimento voltado para fortalecer o microempreendedorismo na capital sergipana. "Nós precisamos fazer alguma coisa, urgente. Não é apenas um número, por trás de cada um desses 43 mil desempregados, existem famílias, que estão enfrentando sérias dificuldades financeiras, e isso gera transtornos de toda a ordem". Alerta Marcos Aurélio.

Segundo o ex-diretor de comunicação da Assembleia, a sociedade precisa enfrentar essa questão de frente. Para ele, a oportunidade de temas como esses serem discutidos de forma séria, se dará a partir da próxima legislatura, que chegará à Camara de Vereadores da Capital. "Nós precisamos discutir isso de forma muito séria, e não só discutir, é preciso começar a praticar ações que possam minimizar esse sofrimento. As pessoas estão desesperadas, à procura de emprego, e não irão encontrar, e isso criará mais desespero", lamenta Marcos Aurélio.

Segundo ele, a criação de uma linha de crédito, que variará entre R$ 2 mil e R$ 5 mil, após capacitação pela Prefeitura de Aracaju, que permitirá aos aracajuanos investirem na geração de suas próprias rendas, fazendo algo que eles, ou já sabem fazer, ou irão aprender, permitirá que o dinheiro comece a circular em todas as camadas da economia, e isso, além de aliviar a cabeça do microempreendedor, fomentará toda a cadeia produtiva da capital, ajudando a reaquecer a economia do estado de Sergipe. "Essa é a nossa proposta, quando nos apresentamos como pré-candidatos a vereador, pelo PDT. Nós não estamos pedindo que as pessoas nos ajude a construir um projeto pessoal, porque são nossas amigas, estamos pedindo que nos ajude a salvar milhares de aracajuanos que estão sem encontrar uma saída para sustentarem suas famílias", finalizou Marcos Aurélio.

ASCOM

Marcos Aurélio - Projeto Aracaju