Secretário Nacional de Turismo discute ações de investimentos com empresários

13 de Novembro de 2020, 17:03

O secretário Nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões do Ministério do Turismo, Lucas Fiúza, esteve reunido com empresários representantes de segmentos do setor de turismo em Sergipe, na Federação do Comércio, na quinta-feira (12), para discutir temas relacionados ao crescimento do turismo sergipano. A reunião foi comandada pelo coordenador da Câmara Empresarial de Turismo do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Antônio Carlos Franco, e contou com a presença do secretário de Estado do Turismo, Sales Neto.

Fiúza disse aos empresários que Sergipe é um estado com grande potencial turístico e tem se destacado no cenário nacional, diante das condições em que a pandemia do coronavírus se encontra no país, colocando Sergipe em condição de ampliar sua recepção de público para aproveitar as belezas naturais, empreendimentos turísticos e gastronomia local. “Sergipe tem um grande potencial, é um estado em que temos que apostar, acreditar no turismo. O estado tem uma grande vocação gastronômica e belezas naturais extraordinárias. Sempre que me refiro a Sergipe, destaco os cânions de Xingó, Ilha dos Namorados, Praia do Saco, Aracaju como um todo e sua gastronomia especial”, afirmou.

O secretário Nacional destacou que será desenvolvido um portal de empreendimentos do turismo, para medir o desenvolvimento da atividade, com foco em ampliar a capacidade de captação de investimentos para o Brasil e Sergipe tem condição de ser um dos destaques nesse cenário, com ampliação de investimentos privados. Lucas Fiúza lembrou que é necessário avançar em discussões que deem prioridade ao turismo no país e abrir as possibilidades de exploração de áreas no estado. Existem oportunidades de crédito para as empresas do setor, por meio do Fundetur. Os recursos do Fundetur estão disponíveis para os empresários do turismo por meio de linhas de crédito no Banese, Banco do Nordeste e Caixa Econômica. Fiúza também destacou a importância do novo Terminal Pesqueiro para o potencial do turismo gastronômico sergipano.

O secretário de Estado do Turismo, Sales Neto, conversou com os participantes da reunião, sobre áreas como a Serra de Itabaiana, regiões costeiras, entre outras, que despertam o interesse de investidores para a criação de novos empreendimentos de turismo, com foco em ampliar a oferta de destinos no estado. “Precisamos ter mais oportunidades de promover a criação de novos empreendimentos na área do turismo e regularizar outras regiões já exploradas, que são de grande sucesso no estado”, comentou.

Lucas Fiúza disse que os empresários locais podem contar com a parceria do Ministério do Turismo para buscar a captação de investidores internacionais para Sergipe, pois nosso estado tem muitos atrativos que podem gerar grandes oportunidades de criação de novos negócios na área, promovendo o crescimento econômico sergipano.

O coordenador da Câmara Empresarial de Turismo e presidente da ABIH-SE, Antônio Carlos Franco, valorizou a reunião, destacando os pontos importantes para o desenvolvimento do turismo sergipano.

“Recebemos o secretário Nacional, Lucas Fiúza, aqui na Fecomércio, para discutir temas relevantes para o turismo de Sergipe. Apresentamos algumas demandas que podem ter a participação do Governo Federal, e com isso a gente trata o resultado como positivo pois teremos alguns encaminhamentos que serão discutidos em outras reuniões. Discutimos pontos turísticos do estado, alguns financiamentos que estão disponíveis para os empresários do setor no estado, com os recursos do Fundetur, entre outras ações. Foi uma reunião muito proveitosa, pois apresentamos nosso potencial turístico para que sejam feitos investimentos no estado”, disse o coordenador.

Participaram da reunião, o superintendente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Maurício Gonçalves, o presidente da ABRAPE-SE, Gustavo Paixão, a coordenadora geral do Ministério do Turismo, Clarissa Valadares e o presidente da Abrasel-SE, Bruno Dórea.

Fonte e foto assessoria