siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Sindicato dos Postos de Combustíveis tem nova gestão

11 de Março de 2018, 06:34

Por Verônica Moura

Diretoria do Sindpese toma posse e pretende estreitar relacionamento com a sociedade e a imprensa

A nova diretoria do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado Sergipe – Sindpese tomou posse neste sábado, dia 10 de março, na sede da entidade, localizada no bairro Salgado Filho, em Aracaju. Além de toda a diretoria eleita, estiveram presentes associados, parceiros e colaboradores da revenda.

Para o novo presidente, Murilo de Paula Melquiades Oliveira, proprietário da Rede Alpha, a expectativa é manter o diálogo e estar mais próximos dos clientes e da sociedade, através de informações limpas e transparentes. “Essa é a nossa expectativa, de dialogar sempre com a sociedade e fortalecer a revenda, trazendo os benefícios que ela tanto necessita. Hoje estamos enfrentando um processo extremamente difícil e desafiador, com essa nova política de preços da Petrobras, que começou a vigorar a partir do segundo semestre de 2017, então o nosso desafio é o de encurtar a distância esclarecendo a quem sempre paga a conta, que é o consumidor. O Sindicato é o representante do segmento, é quem fala em nome da revenda, que paga e gera impostos, empregos e fomenta a economia, portanto os desafios são gigantescos. E acima de tudo, queremos estar próximos da sociedade, através dos veículos de comunicação, mídias, para que possamos levar benefícios a revenda e, ao consumidor, produtos e serviços de qualidade”, afirmou.

De acordo com Sandro de Miro, da Rede Presidente e novo diretor de Patrimônio, a data de hoje representa um momento importante. “A nova diretoria do Sindpese toma posse, para o quadriênio 2018 – 2022, em um momento em que o mercado está muito conturbado, diante da nova política de preços que estamos vivenciando, pela Petrobrás, onde a sociedade julga os postos como principais vilões da história. É importante que essa nova diretoria entenda que é preciso aumentar o relacionamento com a imprensa, com a sociedade civil e com os órgãos do governo, para que possamos explicar como funcionam os custos e toda a cadeia. Temos que deixar bem claro que os postos são a parte minoritária e que tem menor poder de influência e decisão nas formações dos preços. A nova diretoria está bem eclética e é composta por pessoas que representam os vários segmentos, não só da capital como do interior, representando também postos de rodovias, demais cidades e postos da grande Aracaju, além é claro, de diversas Companhias de Petróleo e Distribuidoras. Tenho certeza que a experiência de cada um vai contribuir para formar um sindicato mais atuante e que represente bem os revendedores do interior. Já tivemos a primeira reunião sobre a Convenção Coletiva de Trabalho e ficou demonstrada a preocupação dos membros da comissão em defender os pequenos empresários do interior do Estado. É um momento em que devemos renovar e é importante essa renovação. O grupo ao que esteve presente até os dias de hoje, esteve muito bem representado, fez o seu papel e cumpriu com sua missão a frente do Sindicato, e agora cabe a nova direção fazer o seu papel e tenho certeza que dias melhores virão. Estamos juntos defendendo os interesses da categoria, trazendo inovações e parcerias”, explicou.

Para Mozart Augusto de Oliveira, que esteve na presidência do Sindpese, nos últimos quatro anos e agora compõe a nova diretoria como diretor Social, a hora é de novos rumos. “Durante os quatro anos em que passamos juntos administrando o Sindicato, tentamos fazer a união da revenda e o seu fortalecimento. Tivemos muitas conquistas e benefícios para os associados, revendedores e como tudo na vida, chega à hora de partir para novos rumos, afinal, o Sindicato é de todos”, disse.

De acordo com o associado Álvaro Fonseca, proprietário da Rede Petrox, a expectativa é que o grupo realmente integre todas as categorias e reforcem as ideias e ações. “Não adianta apenas críticas, é importante manter a união. Sabemos que é fácil criticar e não estar presente. Espero que o novo presidente, Murilo Melquiades, consiga realmente reunir a categoria e que a gente tenha mais força ativa não só na imprensa, mas nas entidades governamentais e, principalmente, que fortaleça o sindicato como um todo, pois com um sindicato forte todos ganham. E que todos possam realmente passar a contribuir, não só com ideias, mas também financeiramente. É preciso que todos observem os benefícios e que isso possa ser compensado para um sindicato mais forte, onde cada um pague sua taxa para fortalecer a entidade, trazendo  excelentes retornos ao associado”, ressaltou.

De acordo com Jobelson Doria de Souza, primeiro Secretário, essa mudança é bem-vida e dará novo fôlego a categoria. “Vejo um momento de mudança que já era para ter ocorrido, mesmo fazendo parte da diretoria anterior, e agora como primeiro Secretário. Acredito que essa nova diretoria vai chegar com um novo fôlego, e afirmo que precisamos trabalhar em benefício de uma classe, sem divisões, apenas como um todo para o Sindpese. A nova direção é composta por proprietários de Redes, mas trabalharemos todos juntos em benefícios das redes e dos postos pequenos também. Aceitei fazer parte dessa nova realidade para poder contribuir com todos, para toda a classe. Espero que os diálogos que tivemos em fazer uma renovação, sejam executados, com o intuito de gerar benefícios”, explicou.

Segundo Wenderson Wanzeller, atual secretário Executivo da entidade, as palavras chaves serão sinergia e proximidade. “Vamos trabalhar para o fortalecimento da categoria, pois a principal missão, a partir de agora, será de se aproximar mais da imprensa e da sociedade, esclarecendo todas as possíveis dúvidas, e mostrando o ponto de vista dos revendedores de postos de combustíveis, que são grandes geradores de renda, emprego e impostos para o Estado. A imprensa poderá, enfim, contar com esse interlocutor, para o estreitamento de relacionamento com a categoria”, finalizou.

Nova Diretoria:

Presidente, Murilo de Paula M. Oliveira

Vice – Presidente, Antônio Carlos de Jesus

Primeiro Secretário, Jobelson Doria de Souza

Segundo Secretário, Rodrigo Silva de Moraes

Primeiro Tesoureiro, José de Faro R. Nascimento

Segundo Tesoureiro, Kleber Santos Batista

Diretor Social, Mozart Augusto de Oliveira

Diretor de Patrimônio, Sandro Silva dos Santos

Suplente de Diretoria, Márcio Mesquita Mendonça

Conselho Fiscal, Adriano Matos Valadares

Conselho Fiscal, Alberto Mendonça Menezes

Conselho Fiscal, Breno Menezes Santana

Suplente Cons. Fiscal, Diego de Oliveira Santos

Suplente Cons. Fiscal, Joemir Gentil Mocellin

Foto Assessoria de Imprensa/Sindpese

  • Medium 1e08bd1645889e1cea617592415b2fb5