Zezinho Sobral: "Terminal Pesqueiro de Aracaju dará exemplo para o Brasil"

13 de Novembro de 2020, 13:53

O Terminal Pesqueiro de Aracaju tem previsão para iniciar a operacionalização no segundo semestre de 2021. A informação foi passada pelo secretário Nacional da Pesca, Jorge Seif Júnior, que esteve nesta sexta-feira, dia 13, nas instalações do empreendimento. O deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) acompanhou a visita e reforçou o compromisso do mandato com a pesca e o desenvolvimento de Sergipe.

"O secretário também anunciou o repasse de R$ 3 milhões ainda este ano para pagar o saldo de convênio responsável pela conclusão e entrega das obras. O objetivo é que, em 2021, seja feita a contratação do gerenciamento através do Programa de Parceria de Investimentos (PPI). A empresa que fizer o gerenciamento vai equipar e, a partir daí, será possível iniciar e operacionalizar o Terminal Pesqueiro a partir do segundo semestre de 2021.

No início do mês de novembro, o Governo Federal publicou o edital de chamamento público para subsidiar a modelagem das concessões do Terminal Pesqueiro de Aracaju. Além da capital sergipana, estão incluídos os de Belém (PA), Cananeia (SP), Manaus (AM), Natal (RN), Santos (SP) e Vitória (ES). De acordo com o deputado estadual Zezinho Sobral, quando estiver concluído e em atividade, o Terminal de Aracaju beneficiará cerca de 12 mil pescadores das colônias sergipanas.

"A expectativa é processar 10 toneladas de pescado por dia, além de circular e receber acima de 50 toneladas. A estrutura está praticamente pronta. O nosso terminal é o que está com as melhores condições e será exemplo para o Brasil. O secretário veio reafirmar o interesse do Governo Federal para concluir essas obras. Sergipe tem sido receptivo, a Assembleia tem contribuído com legislações para beneficiar a carcinicultura, a pesca, a agricultura e adequar os licenciamentos. A  Adema também tem feito um trabalho extraordinário para que os pequenos e microprodutores possam obter as licenças e comercializar", explicou o líder da bancada governista na Alese.

Na análise do secretário Jorge Seif Júnior, o Terminal de Aracaju tem tudo para dar excelentes resultados no desenvolvimento do setor de pescado. "A obra está pronta, bem planejada, com cais pronto e infraestrutura preparada para atender ao setor pesqueiro sergipano. Vamos avançar nas questões para que a PPI seja feita logo. Nosso objetivo também é utilizar as áreas laterais para ampliar as possibilidades para uma infraestrutura ainda melhor na pesca e no turismo. Queremos que os pescadores de todo o Brasil tenham uma estrutura como a de Sergipe", comentou o gestor.

Ainda na opinião de Zezinho Sobral, "o Terminal Pesqueiro é um empreendimento moderno e com localização estratégica para a comercialização do pescado extraído do mar, além de receber por via terrestre os produtos da carcinicultura e da aquicultura. Sergipe tem grande atividade e se destaca, podendo, através do terminal, exportar o pescado".

O Terminal Pesqueiro de Aracaju possui 1.385m² de área construída e o projeto compreende entreposto de recepção, comercialização e beneficiamento de pescados, cais, fábrica de gelo, refeitório, vestiários e sanitários, subestação, câmaras frigoríficas, unidade de comercialização atacadista de produtos da pesca, unidade administrativa, estação de tratamento de efluentes, pátio de caminhões e estacionamento de veículos.

Ascom Deputado Zezinho Sobral