CEF possibilita pagamento parcial de prestação para clientes da habitação

17 de Outubro de 2020, 07:26

Clientes podem escolher entre pagar 75% do valor integral da parcela por seis meses, ou 50% do valor, por um período de três meses

A CAIXA anunciou, na última quarta-feira (14/10), a marca histórica de R$ 500 bilhões de carteira de crédito imobiliário, além de mais cinco medidas para estímulo ao setor. Uma das novas medidas, voltada para os clientes com contrato de crédito imobiliário que necessitem de apoio para saldar seus compromissos financeiros, foi o pagamento parcial da prestação. A nova alternativa negocial permite a esses clientes retomar o fluxo de pagamento das prestações do financiamento habitacional de forma gradual.

Os clientes que apresentem dificuldade para pagar integralmente a prestação neste momento de pandemia poderão realizar, por um período, o pagamento de parte da prestação. O cliente poderá optar pelo pagamento de 75% do valor integral da parcela, por seis meses, ou 50% do valor, por um período de três meses. A medida proporciona às famílias a possiblidade de se reorganizarem para voltar a pagar integralmente a prestação mensal.

A nova medida não se trata de pausa emergencial nas prestações dos contratos habitacionais, possibilidade que foi ofertada pelo banco durante seis meses, e encerrou no último dia 29 de setembro. Também não quer dizer desconto ou redução da prestação, mas sim uma possibilidade de pagamento parcial por período delimitado. O valor não pago durante a vigência da negociação pelo pagamento parcial, de acordo com o percentual escolhido, será incorporado ao saldo devedor do contrato e diluído no prazo remanescente. O contrato não está isento da incidência de juros remuneratórios, seguros e taxas. A taxa de juros e o prazo contratados inicialmente não sofrem alteração.

Para solicitar a alternativa de pagamento parcial, basta o cliente acessar o aplicativo Habitação CAIXA, disponível para os sistemas operacionais Android e IOS. O aplicativo pode ser baixado gratuitamente.

Para contratos em atraso, há também a opção de atendimento pelo WhatsApp – 0800 726 0104, opção 3.

Assessoria de Imprensa da CAIXA