siga nossas
redes sociais:

Sergipe inicia Semana da Pátria 2019 com 83ª edição da Corrida do Fogo Simbólico

02 de Setembro de 2019, 12:45

Autoridades civis, militares, gestores da Educação, do Esporte e da Cultura, professores e alunos das redes estadual e particular de ensino de Sergipe, além da sociedade civil e membros dos escoteiros e bandeirantes se reuniram no domingo, 1º de setembro, na praça Fausto Cardoso, em Aracaju, para iniciar as comemorações do 197º Ano da Independência do Brasil, com a abertura da Semana da Pátria. Com o tema 'Pacto Sergipano pela Alfabetização na idade certa - Alfabetizar Pra Valer'- a solenidade teve início com o hasteamento das bandeiras do Brasil, Sergipe, Aracaju e Mercosul, junto à execução do Hino Nacional. Em seguida, a condução do archote pelo aluno-atleta Matheus Dias de Souza, acompanhado de um professor, saindo do atracadouro da Capitania dos Portos de Sergipe, em direção à Ponte do Imperador.

Segundo o secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, a Semana da Pátria tem o propósito de manter vivo os valores cívicos à Pátria. "É um momento importante para as nossas escolas e a sociedade em geral. As pessoas precisam saber da importância de atos como esse e que, nesse sentido, possamos sempre nos orgulhar", assegurou o gestor, destacando o programa 'Alfabetizar Pra Valer' como tema central das celebrações em Sergipe. "Nessa perspectiva, pretendemos mobilizar toda a comunidade escolar, autoridades e a sociedade em prol do Pacto Sergipano pela Alfabetização na Idade Certa. Acreditamos que esse programa tem um efeito profundo e persistente na evolução do sistema educacional público de Sergipe", completou.

Durante a programação cívica, houve a condução da comitiva portando as bandeiras do Brasil, Sergipe e Aracaju pelos escoteiros do Mar Baden-Power na lancha, escoltado por marinheiros de jet-ski. Após essa condução, iniciou-se a 83ª edição da Corrida do Fogo Simbólico, cujo percurso foi realizado na Praça Fausto Cardoso, em direção ao dispositivo oficial demarcado pelo corredor de alunos das redes de ensino, portando bandeiras das suas escolas.

Ao fim da corrida, a aluna paratleta do Centro de Excelência Vitória de Santa Maria, Luciele Carolaine Brito, medalhista no Mundial de Jovens, na Suíça, fez a entrega do archote ao secretário, professor Josué Modesto, que acendeu a pira, iniciando oficialmente às comemorações alusivas à Semana da Pátria em Sergipe.

Representatividade escolar

Formando um corredor de boas-vindas ao fogo simbólico, cerca de 100 alunos, que representavam suas unidades de ensino, estavam orgulhosos do momento cívico ao qual participavam. É o caso da estudante do Colégio Estadual Barão de Mauá, Amanda Patrícia Santos. Participando pela primeira vez, disse estar contente por representar a sua comunidade estudantil. "É um momento de muito conhecimento. De sabermos a importância de atos como esse e de respeitar a nossa pátria", pontuou.

Membro do Conselho da Escola Estadual Clodoaldo de Alencar, Urânia Maria dos Santos, acompanhava seu filho, o aluno Júlio César, que representava a unidade de ensino como porta-bandeira. Para ela, "é necessário o envolvimento dos alunos em atos cívicos para despertar o conhecimento e o amor à pátria. Procuro sempre participar e incentivá-lo nesses eventos", disse a mãe orgulhosa.

O estudante do Colégio Purificação, Pedro Henrique Silva Andrade, aluno do 2° ano do ensino médio, junto aos seus colegas reapresentou a sua comunidade escolar. Ele também acredita que "participar desse tipo de celebração é uma forma de demonstrar respeito e amor ao país, culturalmente é muito importante", enfatizou.

7 de Setembro

As atividades da Semana da Pátria culminarão no dia 7 de Setembro, feriado da Independência do Brasil, com o Desfile Cívico Militar e Estudantil, na Avenida Barão de Maruim, centro da capital. O desfile iniciará às 8h, com a Parada Militar, e prossegue com o desfile estudantil.

Alfabetizar Pra Valer

O Pacto Sergipano pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetizar Pra Valer - foi lançado na quinta-feira, 29 de agosto, e seu objetivo é unir forças com as redes municipais para beneficiar mais de 86 mil estudantes nas escolas públicas do estado com deficiência em leitura e escrita. O tema deste ano recai sobre a necessidade de diminuir os índices de Sergipe, na distorção idade/série dos estudantes das Redes Públicas Estadual e Municipais, matriculados nos dois primeiros anos do Ensino Fundamental.

Presenças

Compuseram o dispositivo da solenidade o capitão da corveta, Jonas Machado de Oliveira; representando a Capitania dos Portos, o tenente-coronel Dutra Rocha; 28° Batalhão de Caçadores, capitão Felipe Augusto da Silva; departamento de Controle de Espaço Aéreo (DTCEA - AR), coronel Mateus; comandante do Corpo de Bombeiros Militar, major Ildomário Santos Gois; representando o Comando-geral da Polícia Militar de Sergipe, Dany Gama dos Santos; Corpo de Bombeiros Civil, Manoel Prado; a secretaria municipal de Educação de Aracaju, além do superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, da superintendente especial de Esporte da Seduc, Mariana Dantas, da vice-presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE/SE), professora Luana Boamorte; do presidente da Federação dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado de Sergipe (Fenen/SE), professor José Manoel Joaquim Macedo; do maestro da SecBanda, professor Francisco Alberto Lima; a chefa de gabinete do secretário, Rosilene Santos; diretores Regionais de Educação (DEA/DRE's); diretores de departamentos e coordenadores de setores da Seduc.

Fonte e foto SEDUC