TV Câmara é um dos canais utilizados para disponibilizar aulas durante a pandemia

10 de Novembro de 2020, 13:42

Das 9h às 11h40, diariamente, a TV Câmara disponibiliza aulas com o conteúdo da rede municipal de ensino da capital sergipana. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Aracaju e a Câmara Municipal de Aracaju e atende à necessidade de alcançar os alunos nesse momento de pandemia, quando as aulas presenciais foram suspensas.

Para a secretária municipal da Educação, Maria Cecília Leite, a ação tem sido fundamental para garantir que o conteúdo chegue efetivamente aos estudantes. "Fizemos um termo de cooperação, então os alunos, através da TV Câmara, recebem conteúdo diariamente, das 9h às 11h40", explica.

A programação do conteúdo, segundo a secretária, é feita semanalmente. "Cada escola recebe antecipadamente o conteúdo para disponibilizá-lo aos alunos. Todas as escolas estão organizadas com os estudantes em grupos de WhatsApp para que eles sejam informados acerca da disponibilidade dos conteúdos", explica.

As aulas começaram a ser exibidas na segunda-feira, 17 de agosto, das 9h às 12h, através da TV Câmara Aracaju, canal aberto 48.4 (a partir do dia 29 de agosto, canal 5.3). Para que este projeto fosse viável, foi necessário a transferência das Sessões Ordinárias da Casa Legislativa para o período da tarde, propositura aprovada de forma unânime por todos os vereadores.

A coordenadora pedagógica da Emei Monsenhor João Moreira Lima, no bairro Lamarão, Ana Maria Santos, vê a iniciativa como um reforço significativo no hall das ações que estão sendo disponibilizadas. "É uma ótima ferramenta, principalmente para os alunos que não têm acesso à internet. A TV é um veículo mais popular, de longo alcance. É uma iniciativa interessante que vem se somar às demais, pois, por maior que seja a boa vontade da equipe escolar, não temos como alcançar a todos com as ferramentas online, e com a televisão isso é mais viável", reforça.

Coordenadora pedagógica da Emef Professora Letícia Soares de Santana, no bairro Santos Dumont, Juciara dos Santos Bispo acredita que a TV democratiza o acesso aos conteúdos. "Tem sido muito importante, porque tem mães e pais que não sabem ler ou não têm tempo para acompanhar as atividades dos filhos, e com essa iniciativa, a criança tem o processo de aprendizagem facilitado. Tudo é válido para contemplar esse processo", afirma.

A transmissão das aulas foi iniciada no dia 17 de agosto com conteúdo elaborado pelo corpo docente da Semed. Para uma melhor assimilação do assunto, são divididas em quatro matérias por dia, com intervalos curtos, para que os estudantes possam organizar o material. A parceria foi formalizada no dia 11 de agosto após a assinatura do Termo de Cooperação Técnica nº 4/2020.

O presidente da Câmara, Josenito Vitale, esclarece como o convênio entre Legislativo e Executivo foi firmado. "A parceria foi firmada com o objetivo de garantir aos estudantes o direito de acompanhar as aulas através de um canal de TV aberto, durante a pandemia. Foi uma ação que contou com o apoio de todos os vereadores, que entenderam a sua importância social", destaca.

Fonte assessoria  

Foto Marcelle Cristinne