siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Filme Almir do Picolé será exibido e debatido na Universidade Tiradentes

23 de Abril de 2019, 07:19

Lançado em março, o filme que conta a história do sergipano Almir do Picolé será exibido neste dia 23 na Universidade Tiradentes – Unit –, com duas sessões abertas ao público, às 13h e às 19h, simultaneamente, nos auditórios do bloco D, campus Farolândia. O cunho social do filme ampliará para debate com viés voltado aos Direitos Humanos.

Almir do Picolé e alguns atores estarão presentes nas duas sessões. “Quero agradecer a Unit pelo espaço e parceria. Acredito que é importante debate como esse, pois inclui os alunos em uma obra social e eles poderão conhecer minha história e como cheguei até aqui. Hoje atendo 700 famílias carentes, tento possibilitar cestas básicas, medicações, cadeiras de rodas. Além do trabalho com as crianças totalmente gratuito. Nos mantemos por conta das doações”, ressalta.

A ideia também é contribuir, por meio das temáticas trabalhadas no Direito, diante do trabalho do sergipano que se dedica há tantos anos para promover cidadania às crianças de comunidades na cidade de Nossa Senhora do Socorro.

“Seu propósito converge com a missão da Instituição de Ensino Superior. É um momento de não somente conhecer a história do Almir do Picolé, mas também de conscientizar quanto à importância de participar da vida social, contribuindo com informação sobre o assunto ou se dedicando a algum trabalho”, acredita um dos organizadores do debate, professor de Direito Penal da Unit, Ronaldo Marinho. No último dia 11, o filme foi exibido no Campus Unit Propriá.

Como um dos valores de responsabilidade social, o curso de Direito da Unit realiza, diariamente, atendimento jurídico gratuito por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ). De acordo com professor Marinho, o Direito é um importante agente nas instituições de caridade. “Inclusive, auxilia nas questões jurídicas relacionadas ao trabalho desenvolvido e fomentando o empreendedorismo social. E ao trazer à tona sua história dentro da academia, é provocada uma discussão mais ampla sobre o tema e a participação social da comunidade”, reitera.

Filme Almir Picolé

O diretor e idealizador do longa-metragem é o jovem cineasta sergipano David Kleiton, que já foi voluntário na creche.

Para fazer inscrição no evento, basta comprar o ingresso no valor de R$10 e mais um quilo de alimento não perecível, na hora do filme ou nos estandes localizados no bloco D. Toda renda será revertida para a instituição encabeçada pelo protagonista.

Fonte e foto assessoria