siga nossas
redes sociais:

População do sertão comemora o aniversário do Sarau no Coreto

31 de Julho de 2019, 05:57

O clima na noite do último sábado em Monte Alegre de Sergipe, alto sertão sergipano, foi cultural, pois a população se reuniu para festejar o 2º Aniversário do Sarau no Coreto. O Sarau iniciou no dia 15 de julho de 2017 através de uma ideia dos cidadãos Carlos Alexandre e Matheus Borges, com o intuito de usarem o coreto da praça principal em prol do incentivo, resgate e fortalecimento das manifestações culturais da terra.

Monte Alegre de Sergipe não é um município desprovido de cultura, muito pelo contrário. É um lugar que tem raízes culturais que precisam ser destacadas, mas o que mais faltam são ações que oportunizem a todos.

Por este motivo, o Sarau no Coreto sobreviveu/sobrevive/sobreviverá ao tempo, resistindo aos olhares contrários, pois é um espaço de todos, plural, não há lado político, religioso, étnico, sexual etc. Cada cidadão/cidadã tem direito de expressar e expor a sua arte. O Sarau é mensal e sempre realizado em um sábado. Não há nenhum cunho financeiro, pois esta ação é movida graças à solidariedade de alguns estudantes, professores, comerciantes, enfim, cidadãos/cidadãs monte-alegrenses.

Em 2018, tornou-se Patrimônio Cultural e Imaterial do município através da Lei 44/2018. Propositura do vereador Geninho de Zé de Dé aprovada pelos demais vereadores e sancionada pela prefeita municipal Marinez (Nena de Luciano).

Durante esse tempo o sentimento dos organizadores é de GRATIDÃO a todos que ajudaram/ajudam/ajudarão na materialização e continuação do projeto. Ressaltam a importância de cada cidadão/cidadã apoiar este projeto que visa resgatar, valorizar, revelar e incentivar o artista, ator, atriz, escritor, escritora, cantor, cantora, contador de história, ao homem e à mulher que valoriza um Monte Alegre de Sergipe encantador de cultura.

Diante do rumo que a ação tomou é necessário comemorar, e, assim, a festa foi realizada com a participação dos grupos de teatro “Foi por Você” e “Raízes Nordestinas”, moda de viola com senhor Humberto, show de humor com Ramon Coxinha, Quadrilha “Ouro Branco”, apresentação musical do grupo Forró Alegre, Cris Rodrigues, Jhony Santos e Robson Lima.

Resta- nos desejar vida longa ao Sarau no Coreto e aguardarmos a chegada do 3º Aniversário.

Foto assessoria

Carlos Alexandre N. Aragão

Professor e Idealizador do Projeto