siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Dia do Desafio mobiliza os aracajuanos para hábitos saudáveis

31 de Maio de 2018, 07:09

Desde dos primeiros minutos, a última quarta-feira do mês de maio começou com muita atividade esportiva. Com o ponteiro do relógio marcando meia-noite, um grupo de amigos correu para dar o ponta-pé inicial no Dia do Desafio. O jogo de vôlei realizado na Praça da Juventude, no conjunto Augusto Franco, marcou o primeiro registro das atividades que ao longo do dia se espalharam por toda cidade.

 A ação, que todos os anos é abraçada por Aracaju, é uma campanha mundial para promover hábitos saudáveis, onde diversos órgãos, empresas da cidade participaram por pelo menos 15 minutos de atividades físicas. Em uma disputa amigável, a capital sergipana enfrenta Piracicaba (SP), mas desta vez por três anos seguidos. Os resultados são contabilizados pelas unidades do Serviço Social do Comércio (SESC), que coordenam a iniciativa no Brasil. Mas o programa vai muito além de uma competição, o Dia do Desafio foi criado com a intenção de conscientizar a população sobre a importância da atividade física.

“O Dia Desafio deste ano vem para consolidar e para fortalecer uma das nossas principais atribuições enquanto secretaria, que é de apoiar e incentivar a prática de alguma modalidade esportiva e a adoção de hábitos saudáveis. O esporte tem uma capacidade gigantesca de unir e mobilizar as pessoas. Então fazendo jus ao lema “você se mexe e o mundo mexe junto”, dividimos nossa equipe e percorremos diversos locais, fomos aos órgãos municipais, estaduais e as praças, colocando todo mundo para se movimentar” afirmou o secretário Jorge Araujo Filho.

E nem mesmo a chuva intimidou os aracajuanos, que se mobilizaram em distintos pontos da capital. O grande objetivo é que os hábitos saudáveis se tornem rotina na vida dos participantes, e para isso a Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte (Sejesp) promove atividades que geram uma melhor qualidade de vida. Ao decorrer do dia, estagiários e profissionais de educação física realizaram ações nas comunidades. No bairro Olaria, onde acontece o projeto Construindo Valores, ninguém ficou parado. A programação repleta de atividades incluía vôlei, ginástica rítmica e futsal. Apaixonado por esporte, Kaian Roberto, 16 anos, participa assiduamente dos jogos na região.

"Sempre fiz atividade física, desde pequeno eu gosto de jogar bola, até na frente de casa com os amigos. Eu participo de tudo um pouco, e agora estou praticando vôlei com a galera. E acho que é mais do que só gostar ou reunir o pessoal, a atividade faz uma diferença grande para saúde, eu mesmo sinto mais disposição” declarou.

Os servidores da Prefeitura Municipal de Aracaju também aderiram a iniciativa e participaram da ginastica laboral, que ocorreu em diversos setores. Ana Beatriz, cerimonialista da Secretaria Municipal de Governo (Segov), que emagreceu 30 kg após 1 ano realizando exercícios, levanta com orgulho a bandeira da vida saudável.

“É muito bom esse desafio, é a oportunidade de se exercitar para as pessoas que não tem tempo de fazer nenhuma atividade quando chegam em casa graças a rotina corrida” pontuou.

Para semear um dia de exercícios, a secretaria contou com o apoio de diversas instituições, como o Colégio Pio Décimo, que há 4 anos participa da ação. Antes das primeiras aulas, o pátio da escola foi palco de uma manhã de atividades. A coordenadora de esporte da escola, Mônica Novaes, realizou alongamentos com cerca de 200 alunos do ensino fundamental menor e maior.

"Nós oferecemos um leque de modalidades esportivas para os alunos, e eles tem aula de educação física teórica e prática. Mas hoje em especial nós reunimos os alunos e fizemos um alongamento, e também laboral nas salas. Incentivamos a fazer atividade todos os dias, mas eu acho que nesse dia exatamente, a gente mostra a todo o colégio como é importante o esporte"  disse Mônica.
Para fechar o dia do desafio com chave de ouro, a zona norte na capital recebeu um aulão de dança. De criança a adulto, todos se reuniram para se mexer ao ritmo da zumba. É o caso de Ana Carolina, que trouxe a filha de 3 anos para se exercitar também. Aos 31 anos, começou a praticar atividade física há 2 meses e afirma que as mudanças não foram só físicas. Desempregada, Ana descobriu novas amizades e recuperou a alegria na vida saudável.
"Estava fora de forma ai decidi começar a fazer alguma coisa. Eu era muito sedentária e agora estou mais leve e disposta, na verdade estou mais feliz, andava tão cabisbaixa e estou mais esperta e animada agora. Só fez bem para minha vida, por isso convidei muita gente para o dia do Desafio, afinal com esses eventos podemos conscientizar as pessoas, três amigos meus estão aqui", contou.

Amigas e parcerias de academia, Valdenice Babosa se juntou a Edneusa em frente ao palco para acompanhar todos os movimentos do professor. Valdenice, afirma que se sente mais jovem após aderir a uma vida de exercício.

“Eu convido minhas filhas mas ela não tem o mesmo pique que eu, e olha que já completei 57 anos. Digo todos os dias que quando faço exercício me sinto com 15 anos de novo. Eu danço, eu pulo, eu adoro. Eu sempre convido as colegas e hoje é a chance de reunir todas em uma grande atividade que só faz bem para gente" contou.