siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Edvaldo faz anúncio antecipado da 36ª edição da Corrida Cidade de Aracaju

13 de Setembro de 2018, 14:28

 

 

O prefeito Edvaldo Nogueira lançou a 36ª edição da Corrida Cidade de Aracaju, em evento realizado nesta quinta-feira, 13. A competição esportiva, que já é uma das maiores do Estado, terá novidades em 2019. Além da antecipação do anúncio (seis meses antes), a corrida passará a ser realizada sempre no sábado anterior ao aniversário da capital, deixando assim de acontecer obrigatoriamente no dia 17 de março. No próximo ano, a prova ocorrerá em 16 de março. Tal medida tem o objetivo de atrair mais corredores de outras cidades e Estados e fomentar o turismo local.

“A Corrida Cidade de Aracaju, além de ser o principal evento das comemorações do aniversário da capital e uma das principais competições esportivas do Estado, também se torna um elemento de atração do Turismo. A gente está fazendo a divulgação antecipada, seis meses antes da corrida, e estabelecendo que, a partir de 2019, a prova será sempre no sábado anterior ao dia 17 de Março, o que facilitará a vinda de atletas de outros estados, movimentando toda a cadeia do turismo e gerando renda para o município”, afirmou o prefeito.

Com estas mudanças, Edvaldo ressaltou que a meta da atual gestão é “tornar Aracaju uma referência nacional da prática esportiva”. “A nossa cidade tem grande potencial. Estamos trabalhando para alcançar este objetivo. Com as novidades da Corrida Cidade de Aracaju, damos o primeiro passo”, destacou ele, reforçando que a expectativa é superar o número de inscritos da corrida deste ano e chegar a 4 mil corredores. “Aos atletas de todo o país, o nosso aviso: ‘Save the date’, reserva a data de 16 de março para correr em Aracaju”, afirmou. 

“Fazer o melhor pelo atleta”

A Corrida Cidade de Aracaju faz parte das comemorações promovidas pela Prefeitura de Aracaju em homenagem ao aniversário da capital. A prova atrai atletas profissionais e amadores de todas as idades, além de clubes de corrida. Com as mudanças anunciadas nesta quinta-feira, a gestão municipal dá aos atletas de fora do estado, ou mesmo do interior, a oportunidade de aproveitarem as belezas naturais de Aracaju, antes e depois do evento, além de fomentar o aumento no número de participantes.

A expectativa é ultrapassar a marca dos 4 mil atletas em 2019, superando o recorde deste ano, quando 3.300 corredores competiram. Com relação aos percursos nada muda, a prova segue com disputa em três distâncias, sendo 5 Km, 10 Km e 24 Km, com premiação total no valor de R$ 100 mil, que serão distribuídos nas diversas categorias, conforme o regulamento. Além da premiação, os atletas inscritos na prova recebem medalhas, camisas, mochila, bem como o número de peito e o chip que é colocado no calçado do inscrito.

Conforme afirmou o secretário municipal da Juventude e Esporte, Jorge Araujo Filho, cada vez mais, a corrida é pensada com foco no participante. “A gestão de Edvaldo Nogueira dá um tratamento diferenciado à corrida. Desde que assumimos, procuramos dar atenção melhor aos corredores, pensando nos mínimos detalhes, desde a hidratação, as medalhas, o tipo de camisa. Agora, ao antecipar o anúncio, damos as condições para os atletas se prepararem melhor. E ao colocar a corrida para ocorrer sempre aos sábados, atrairemos mais atletas, gerando também renda para a cidade”, reforçou.

Sergipana vencedora da etapa de 24 km deste ano, a atleta Adriana Lopes, comemorou as mudanças. “Ajuda muito no nosso planejamento. Eu já vou iniciar a minha preparação. Minha meta é fazer pódio novamente”, avisou.

Da mesma forma, o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário, Luciano Cabral, avaliou que é “motivador” o anúncio antecipado e a colocação do evento aos sábados. “Fiquei encantado com a fala do prefeito e o objetivo de lançar antes a prova para atrair mais competidores, que terão tempo de se programar, e de ser sempre no sábado, tornando a corrida não só para os aracajuanos, para pessoas de outras cidades e Estados. Eu não corro a meia maratona, mas já me estimula a vir para Aracaju correr os 5 km”, disse.

"Visão inteligente"

Para o presidente da Câmara Municipal de Aracaju, vereador Nitinho Vitale, as mudanças mostram a “visão inteligente” do prefeito Edvaldo Nogueira. “Edvaldo está transformando a corrida, fomentando o esporte com esta nova dinâmica e modelo, para trazer mais atletas para Aracaju. A mudança do dia é muito boa, pois, quando 17 de março era no meio da semana, atletas de outros estados não poderiam vir porque não é feriado na cidade deles”, comentou.

O secretário estadual do Esporte, Antonio Hora, destacou que “a gestão municipal dá show de planejamento estratégico”. “O calendário esportivo e turístico precisa de certa antecedência. Este anúncio antecipado e a mudança na data mostram para todos os atletas do Brasil a corrida e permite que eles planejem a viagem e o treinamento”, elogiou.

3.300 corredores

A edição de 2018 teve 3.300 corredores, sendo 1.971 homens e 1.329 mulheres. Destes, 2.235 eram sergipanos e 1.065 de outros Estados. 368 servidores municipais competiram. A competição teve um custo total de R$ 424,3 mil, sendo que boa parte dos investimentos foram arcados por patrocinadores e pelo recurso arrecadado com as inscrições. A Prefeitura investiu R$ 111,9 mil. Foram arrecadados 2.113 quilos de alimentos, que ficaram sob a responsabilidade da Secretaria Municipal da Assistência Social e foram direcionados para instituições filantrópicas.

Os vereadores Thiaguinho Batalha, Anderson de Tuca, Bigode, Soneca, Fábio Meireles, Isac Silveira, Seu Marcos, além do líder da bancada, Vinicius Porto, e secretários municipais acompanharam o anúncio. Coordenadores de clubes de corrida e lideranças do campo esportivo também compareceram ao evento.

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Por Valter Lima