siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Paratletas da rede estadual se destacam na IX Jogos Aquáticos do Ceará

19 de Junho de 2018, 06:59

Equipe sergipana garante o quarto lugar entre as 18 equipes do País

Os paratletas da rede estadual mais uma vez fizeram bonito. Os 26 alunos que participaram do IX Jogos Aquáticos do Ceará, competição realizada no período de 16 e 17 de junho, desembarcaram na manhã desta segunda-feira, 18, no Complexo Administrativo e Pedagógico da Educação, em Aracaju, trazendo um total de 48 medalhas: sendo 19 de ouro, 19 de prata e 10 de bronze. O bom rendimento dos jovens, com a obtenção de 503 pontos, garantiu a equipe de Sergipe o quarto lugar, entre as 18 equipes do País.

O treinador de natação paraolímpica, do Parque Aquático Oseas, Ivan Secundo, destacou que o Governo de Sergipe busca fomentar o paradesporto escolar. "O apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio do Departamento de Educação Física (DEF), é fundamental. O acompanhamento técnico que prestamos aos alunos com deficiência é um trabalho contínuo.

Participar de uma competição como essa reflete na melhoria do nível técnico dos atletas. Foram selecionados oito alunos para participarem das etapas nacionais do Circuito Caixa Brasil de Paranatação", enfatizou.

Resultados

A jovem Ingrid Hora Santos, aluna do Colégio Estadual 11 de Agosto, não disfarçou a alegria e a emoção ao exibir a medalha de ouro. "Já perdi as contas de quantas competições participei e o IX Jogos Aquáticos do Ceará foi mais uma disputa importante em minha trajetória", disse.

A paratleta Ewellin Caitano Rodrigues, estudante do Centro de Excelência João Costa, reconheceu que os treinos foram importantes para o bom resultado nessa competição. "É muito gratificante representar o meu Estado. Trouxe para Sergipe quatro medalhas, sendo duas de ouro, uma de prata e uma de bronze", comemorou.

Para o estudante do Centro de Referência Professor Severino Uchôa, Josevan Luiz da Silva, o acompanhamento do treinador Ivan Secundo é de extrema importância na melhoria do nível técnico. "Conquistei três medalhas de ouro e uma de prata. Agora farei o meu melhor para obter também um bom desempenho no Circuito Caixa Brasil de Paranatação", declarou.

Apoio

A Seed, por meio do DEF, disponibilizou  transporte, hospedagem e alimentação para que os paratletas participassem da competição em Fortaleza. Além disso, os jovens contam com o acompanhamento técnico prestado pelo treinador de natação paraolímpica, Ivan Secundo.

Foto Eugenio Barreto

  • Medium 145ea079b0f72efb933d69598b127406