siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Socorrense estreia com resultado desfavorável no Sergipão 2018

15 de Janeiro de 2018, 10:45

 

Socorrense e Lagarto se enfrentaram na tarde do último domingo, 14, no Estádio Wellington Elias pela primeira rodada do campeonato sergipano 2018. A torcida compareceu em massa ao "Lelezão", para conferir de perto o primeiro jogo da volta do time de Socorro, que em 2017 conquistou o seu direito de retorno à elite do futebol estadual.

O início do jogo foi bastante travado, com as duas equipes adotando bastante cautela para não sofrer gol. O jogo duro deixava os jogadores ainda mais nervosos dentro de campo e o clima ficou quente logo aos 11 minutos, quando o jogador do Socorrense recebeu uma falta e mesmo no chão recebeu uma bolada de outro jogador lagartense, o que gerou um pequeno tumulto entre jogadores das duas equipes.

Com os ânimos acalmados, o jogo seguiu pegado até a parada para a reidratação aos 25 minutos de jogo. A parada serviu para que os treinadores pudessem orientar os times, atitude esta que garantiu resultados, pois os times voltaram mais ligados e gerando oportunidades para as duas equipes. Outro lance que chamou a atenção de torcedores e atletas, foi o choque de cabeças, ocorrido aos 33 minutos, onde o jogador Rafael do Lagarto levou a pior no lance e saiu de campo desacordado, precisando ser levado ao hospital e sendo substituído pelo atacante Moacir.

A substituição deu certo,  pois o Lagarto criou as melhores oportunidades para abrir o placar, sem sucesso e o jogo terminou no primeiro tempo em um empate sem gols. O segundo tempo começou com a equipe do Lagarto em busca do gol. De tanto insistir, a equipe do interior abriu o placar aos seis minutos com Moacir,  após indecisão da defesa do Socorrense. O gol serviu para que o time do Socorrense acordasse em campo, tomando conta do jogo, buscando o gol de empate durante grande parte do segundo tempo, dando maior emoção ao jogo.

E se estava ruim para o time da casa, ficou ainda pior quando na metade do segundo tempo, quando o camisa dez do Socorrense, Lucas Rocha, ser expulso, após uma dura entrada no jogador do Lagarto. Após a expulsão, o Lagarto voltou a tomar conta do jogo, com boas finalizações, mas em todas o goleiro do Socorrense , Emanuel mostrou habilidade e garantiu a defesa do time do Siri. 

Com a expulsão, o Socorrense perdeu força, criando poucas oportunidades de empate e o Lagarto desperdiçando outras grandes boas oportunidades de ampliar. Sem conseguir chegar ao gol,  o Socorrense saiu derrotado pelo placar mínimo. "Infelizmente o resultado não foi o esperado, mas pelas circunstâncias tivemos vários problemas para registrar os jogadores durante a semana. Contudo, mostramos que temos um grupo forte. Vamos avaliar o jogo não pelo resultado, mas pelas dificuldades que tivemos durante a semana", relata o treinador Edilson do Socorrense.

O destaque do time na partida foi o goleiro Emanuel, que falou sobre o jogo. “Independente do resultado fizemos um bom jogo. A equipe se comportou bem dentro de campo, tivemos algumas oportunidades, mas infelizmente o que prevalece são os três pontos que perdemos. Tivemos a infelicidade de tomar um gol bobo, mas o campeonato está só começando e vamos em busca  do resultado contra o Sergipe na próxima rodada, será  um jogo difícil, mas não impossível " , avalia o goleiro.

O Socorrense volta a campo no próximo sábado, 20, contra o Sergipe na Arena Batistão e o treinador falou um pouco sobre como será  o trabalho  durante a semana. "Sabemos da qualidade e da tradição  do nosso próximo adversário, tivemos um jogador expulso, mas temos jogadores para recompor essa posição, precisamos trabalhar bem durante a semana para corrigir os nossos erros, colocar em prática o que fizemos de bom, para que no sábado possamos fazer um grande jogo contra o Sergipe", conta Edilson.

Fonte e foto assessoria