siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Time investe em reforma de estádio mas pode não usar

18 de Janeiro de 2018, 06:45

Lagarto F C investe mais 100 mil em reforma e adequações no estádio “Barretão” e mesmo assim federação não sabe se vai liberar estádio para jogos    

Quem acompanha o futebol sergipano sabe perfeitamente bem que a realidade não é das melhores. Mesmo com tantas deficiências alguns times conseguem destaques a nível nacional, a exemplo do Confiança, este, na Série C do Campeonato Brasileiro. Sabemos também que grandes jogadores do futebol mundial saíram do território sergipano, um exemplo é o crack Diego Costa, atacante do Atlético de Madrid, da Espanha, o mesmo é natural da cidade de Lagarto, Diego tem disponibilizado um forte investimento, tanto, na equipe profissional quanto na base do time. 

Falando em Lagarto, o time da cidade iniciou a competição vencendo fora de casa o Socorrense, em jogo realizado no último domingo, no estádio Wellington Elias, que inclusive apresentou muitas falhas, arquibancadas sem divisão de torcidas e gramado inexistente. Neste domingo, o Lagarto pretende estrear em casa, no estádio Paulo Barreto de Menezes, diante do Itabaiana.

A dois anos jogando fora de casa devido a estrutura física das arquibancadas estarem comprometidas, o Lagarto através da sua nova diretoria iniciou em novembro do ano passado uma espécie de reforma, instalando arquibancadas moveis, divisórias de torcidas, uma nova pintura em todo estádio, reforma dos vestiários, além, da troca completa do capim por grama, um investimento aproximado de 100 mil reais.  

Mesmo diante de tantas mudanças e investimentos, mesmo com tanta paixão envolvida através da torcida do Lagarto, tivemos a informação que ja houve duas vistorias no estádio somente essa semana, deixando a decisão da liberação do estádio para uma última vistoria, a ser realizado até a próxima sexta-feira, 19. 

Diante disso, os lagartenses, a diretoria, a imprensa da região se pergunta, será que a regra vale para todos? por que só Lagarto, só o Paulo Barreto de Menezes recebe tanta rigidez? Será que todo o investimento da diretoria do Lagarto Futebol Clube, que pensou, além da segurança, na boa pratica esportiva será colocado de lado pela Federação Sergipana de Futebol e pelos orgãos competentes? Tentamos contato com o Presidente da Federal de Futebol em Sergipe, porém não obtivemos êxito.

Por Lucas Rodrigues de Andrade

  • Medium bde87b594fb24ba9a1c4ec8d2d3ba593