Decisão de Emília "unifica" ainda mais discurso da oposição contra Edvaldo

26 de Agosto de 2020, 09:26

É nítido que a vereadora de Aracaju, Emília Corrêa (Patriotas) tem "algo preso na garganta", algo que aparentemente "não está bem resolvido". Essa é a leitura feita por este colunista ao acompanhar a transmissão on line feita por ela, acompanhada do presidente estadual de seu partido, Uezer Marques, quando anunciou definitivamente que em 2020 irá disputar a reeleição para mais um mandato na Câmara Municipal, desfazendo qualquer rumor de que poderia disputar a Prefeitura de Aracaju.

Mas com muita personalidade, Emília não escondeu que mediu os "prós" e "contras" e avaliou que era melhor seguir com independência política e disputar a reeleição, ou seja, para ser candidata a prefeita de Aracaju teria que fazer acordos e composições, algo que ela preferiu não fazer no momento, para não comprometer sua forma de atuação, sem desviar seus princípios. É bem verdade que, para ser candidata majoritária um dia, a vereadora precisa entender que precisará construir um grupo, caso contrário...

Analisando o seu anúncio, por mais que deixe em aberto a possibilidade de apoiar uma candidatura do DEM, por exemplo, está claro que Emília, mesmo que indiretamente, ajudou a fortalecer o discurso de unidade que a oposição precisa neste momento para impedir a reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Com todo respeito aos demais pré-candidatos ao comando da PMA, os nomes da delegada Danielle Garcia (Cidadania) e da própria Emília se sobressaem mais por vários aspectos...

De um lado teríamos a delegada com o discurso de combate à corrupção e compromisso com o erário público, com um forte agrupamento político ao seu lado, além de políticos já conhecidos dos aracajuanos, como o deputado Gilmar Carvalho (PSC) e o ex-deputado Valadares Filho (PSB); este último será o candidato a vice na chapa e, ambos, até pouco tempo, estavam cotados para disputarem a PMA; do outro lado a oposição teria Emília, que tem muitos serviços prestados o povo pobre do nosso Estado, como defensora pública, e que exerce um grande mandato no parlamento...

As duas disputando a PMA, fatalmente poderiam dividir a oposição, ou seja, dariam a Edvaldo Nogueira, Jackson Barreto, Carlos Cauê e os demais, aquilo que eles mais queriam...É bem verdade que Emília, por opção pessoal, pode tanto optar ficar neutra como apoiar outra pré-candidatura, como a também delegada Georlize Teles (DEM), que precisa necessariamente de apoios políticos para construir um projeto competitivo. Mas há, também, quem defenda o apoio de Emília a Danielle, unificando os discursos em um "projeto de mudança" em Aracaju.

Quem conhece Emília acredita que ela, dificilmente, se isentaria em um processo político importante como esse, seja lá qual for sua decisão, seu apoio pode ser decisivo e ela vai se dedicar à sua reeleição na CMA, mas também a uma mudança no comando da Prefeitura. Qual será a escolha de Emília e do Patriotas como um todo, isso pode ser decidido ainda esta semana, mas é certo que virá muito "chumbo grosso" para cima de Edvaldo de agora em diante. Em síntese: mesmo que a oposição tenha diversos "palanques", há uma "máxima" que prevalece: alternância na PMA...

Veja essa!

Ficam criando uma série de especulações do ponto de vista das composições políticas para as eleições em Aracaju; este é o momento, diga-se de passagem, mas sobre a chapa do prefeito Edvaldo Nogueira é preciso dizer a verdade para as pessoas. Quem chegar pode apoiar, mas dificilmente vai "sentar na janela"...

E essa!

Por mais rumores que existam, para compor a chapa com Edvaldo como vice, existem apenas dois nomes: o do ex-secretário Jorginho Araújo, que vem sendo defendido a "ferro e fogo" pelo deputado federal Fábio Mitidieri (PSD); e o da delegada Katarina Feitoza (PSD), indicação direta do governador Belivaldo Chagas (PSD). No mais é "conversa pra boi dormir"...

Coluna não especulou

Neste espaço, por exemplo, foi dito que o advogado Henri Clay (REDE) era um desejo do ex-governador Jackson Barreto (MDB) para a vice; a coluna não "especulou"! Esse era sim a vontade de JB, mas há uma diferença entre "querer" e "poder"; a turma não quer mais "fortalecer" o ex-governador. Querem encerrar um ciclo...

Podem surgir nomes

Até a convenção e a definição da chapa, muitos nomes podem ser apresentados como possíveis vices de Edvaldo, mas até onde este colunista tem conhecimento, a decisão dificilmente não ficará entre Jorginho e Katarina. O PSD não vai abrir mão fácil da indicação, a menos que ela garantisse a reeleição do prefeito.

"Motoqueiro fantasma"

Falando na PMA, alguém tem alguma notícia do paradeiro daquele servidor que foi afastado de suas funções após a Operação Serôdio? Um "gaiato" em conversa com este colunista disse que o "danado" era mais visto nas "sombras", como um "fantasma" no Centro Administrativo e que costumava ser "ligeiro" igual aquele motociclista italiano, "Valentino Rossi, né"?

Procurando o Procurador

Falando nisso, quem também tem tempo que não aparece é o procurador-geral de Aracaju. Sidney Cardoso, aquele mesmo que há cerca de um mês concedeu aquela "fatídica" coletiva ao lado da secretária de Saúde da PMA, Waneska Barboza, anunciando que a gestão ia entrar com um pedido de extinção do inquérito penal na Justiça Federal, relacionado à Operação Serôdio da PF/CGU/MPF e ao Hospital da Campanha, por entender que "não tinha nenhuma irregularidade"! Depois da repercussão negativa, o procurador precisa ser "procurado"...

Bomba!

Como um assunto sempre puxa o outro, e ainda falando em Polícia Federal, o "detetive virtual" José Edirani, que tem feito um trabalho de acompanhamento dos gastos públicos pelas prefeituras sergipanas, esteve ontem na sede da PF apresentando documentos e pedindo a investigação sobre contratações realizadas pela Prefeitura da "Capela véia doida"!

Detetive virtual

O "detetive virtual" está certíssimo e, como cidadão comum, tem todo o direito de fiscalizar os gastos públicos! Viajou para o Espírito Santo e São Paulo, para conhecer empresas contratadas com dispensa de licitação, e resolveu agora "ajudar" os órgãos fiscalizadores munindo eles de informações. Mesmo que a gestão tenha feito tudo certo, ainda assim José Edirani estará de parabéns pelo acompanhamento que vem fazendo da gestão em Capela.

Exclusiva!

O Ministério Público Estadual está investigando a contratação de uma empresa especializada em fornecimento e refeições preparadas pela Prefeitura de Aracaju. Segundo a denunciante, foram observadas supostas irregularidades quanto às exigências solicitadas pela Comissão, reduzindo assim amplamente a competitividade, "sacrificando os principais princípios constitucionais que norteiam a administração pública"!

Entenda o caso!

O MPE já solicitou informações da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLOG) da PMA diante da denúncia da empresa RCB-EMPREENDIMENTOS SERVIÇOS E INDÚSTRIA –EIRELLI apontando supostas irregularidades no Pregão Eletrônico de nº 80/2020 -processo nº 22.257/2019, que possui como objetivo a contratação de empresa especializada em Fornecimento e refeições preparadas destinadas à alimentação de pacientes e acompanhantes do Hospital Desembargador Fernando Franco e dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) para atender as necessidades da Secretaria Municipal da Saúde.

Bloqueio judicial

Em novo pedido formulado pelo Ministério Público de Sergipe, por meio da Promotoria de Justiça de Carmópolis, em Ação Civil Pública que busca a regularização dos pagamentos dos servidores públicos municipais, o Judiciário determinou o bloqueio de 25% dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e dos recursos oriundos dos royalties, já existentes e daqueles que vierem a ser creditados nas contas bancárias do Município.

Inquérito Civil

Na liminar, o Judiciário também aumentou o valor da multa diária de R$ 15 mil para R$ 30 mil, para cada novo mês de atraso dos pagamentos dos servidores. A Promotoria de Justiça instaurou o Procedimento Extrajudicial nº 26.19.01.0120 (Inquérito Civil), em outubro de 2019, para apurar os supostos atrasos de salários e outras verbas remuneratórias do funcionalismo público municipal. Durante a instrução do inquérito civil público, foram trazidas ao MP, por meio da Ouvidoria, inúmeras reclamações.

Descumpriu a liminar

Em junho desse ano, o Ministério Público ajuizou Ação Civil Pública com pedido de liminar para que o município de Carmópolis efetuasse, de modo correto, regular e contínuo, os pagamentos dos salários dos servidores públicos municipais. O Judiciário deferiu o pedido ministerial e, embora devidamente intimado acerca do teor da decisão, até o momento, o Município não cumpriu a liminar.

Alô Lagarto!

Após um Termo de Ajustamento de Conduta, a prefeita Hilda Ribeiro (SD) da "Lagarto Linda", foi obrigada a exonerar as servidoras Bianca Ribeiro de Jesus Fonseca, Maria Acácia Carvalho Ribeiro, Maria Augusta Ribeiro Félix Tavares e Maria Monteiro Fonseca, ou seja, todas parentes e que tinham cargos comissionados na gestão municipal. Lembrando que esse "Ajustamento" não valia para as gestões anteriores. Ainda mais diante de tamanha "bolsa família"...

Fundeb

Em sessão remota do Senado Federal foi aprovada a proposta de emenda à Constituição (PEC 26/2020) que torna permanente o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), e aumenta a participação da União no repasse de recursos que custeiam a maior parte dos salários de professores e outras despesas da área nos Estados e municípios.

Alessandro Vieira I

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) votou favorável à proposta do novo Fundeb como ela foi aprovada na Câmara dos Deputados em 21 de julho, com CAQ (Custo Aluno Qualidade) e com valorização adequada dos profissionais que trabalham na Educação.

Alessandro Vieira II

"Hoje o Brasil é vitorioso. Esse é um projeto importante para o futuro do nosso país. A aprovação do Fundeb significa um grande avanço, um grande momento. O projeto garante não só mais recursos para a educação básica, mas principalmente uma arquitetura mais eficiente. Agora, um bom planejamento para a Educação brasileira é possível e viável. Agora é necessário fiscalizar esses recursos com muito cuidado e exigir transparência dos gestores. Não podemos permitir que sequestrem o nosso futuro, não podemos permitir que esses recursos tão valiosos sejam drenados pelo ralo da ineficiência, da incompetência e da corrupção", destacou Alessandro Vieira.

Maria do Carmo I

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) classificou como um marco importante a aprovação da PEC. "Havia todo um sentimento de que essa matéria seria aprovada com tranquilidade, pois os parlamentares entendem a importância de manter o Fundo de forma permanente para garantir que a educação básica brasileira não sofra percalços, além do que já enfrenta historicamente", disse a senadora por Sergipe. Para ela, a educação é uma prioridade nacional e deve ser pensada de maneira estratégica para que haja a qualidade necessária e atenda a quem de fato necessita do sistema público.

Maria do Carmo II

Maria do Carmo destacou o relatório do senador Flávio Arns (Rede-PR) que foi aprovado sem mudanças. "O texto aumenta de 10% para 23% em seis anos a participação da União no Fundo", disse a senadora, ressaltando que do valor financiado pelo governo federal, 5% terão de ser aplicados em ações relacionadas à chamada primeira infância.

Maria do Carmo III

"O Fundeb é, sem dúvida, a principal fonte de financiamento da educação básica brasileira e não poderíamos deixar que ele acabasse no próximo dia 31 de dezembro como estava estabelecido", disse ao completar que "estamos felizes pelos resultados e, sobretudo, pelo engajamento dos mais diversos setores sociais que se uniram, fazendo ecoar no Congresso a necessidade de mantermos o Fundo inflexível".  

Defensoria Pública I

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado de Sergipe realizou a eleição para escolha do Defensor Público Geral para o Biênio 2020/2022. A votação foi eletrônica e o pleito contou com a participação de 88 membros. José Leó de Carvalho Neto obteve 100% dos votos dos defensores públicos, um resultado inédito na história da instituição. No primeiro mandato, o membro da Defensoria Pública conquistou 93,5% dos votos e nesse pleito, todos os 88 defensores públicos disseram sim, não havendo abstenção e votos em branco.

Defensoria Pública II

Para Leó Neto, o índice de 100% de aceitação mostra unidade na Defensoria Pública. "Esse resultado representa a coesão, força e união de todos os defensores públicos que estão no mesmo barco, remando em uma única direção: o fortalecimento da instituição em prol de toda coletividade. 100% de aceitação não me deixa nada envaidecido, isso me traz uma responsabilidade imensa para que cada dia mais eu escancare as portas da instituição e do meu gabinete para todos aqueles que precisarem, defensores públicos e usuários da Defensoria Pública", disse emocionado.

Produtores de arroz I

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) participou de mais uma sessão mista da Assembleia Legislativa, nessa terça-feira (25), quando fez cobranças sobre dificuldades que os produtores de arroz estão passando por dificuldades na região dos perímetros irrigados em Sergipe.

Produtores de arroz II

Ao fazer uso da palavra, Iran Barbosa registrou que as famílias dos pequenos rizicultores de Telha, Propriá e Ilha das Flores estão passando por dificuldades. "Nossa intenção é encontrar soluções para os problemas que podem afetar a realidade desses pequenos produtores de arroz dos perímetros irrigados da região".

Maquinários da Codevasf

O petista falou em sucateamento dos maquinários da Codevasf que estão prejudicando as famílias de rizicultores. "Essas pessoas pedem entendimento entre a Codevasf e a Energisa por conta do sistema elétrico usado por essas famílias para irrigar e drenar a água irrigada que está com problemas e já foi condenado pela Energisa".

Casa Elétrica

Segundo o parlamentar existe uma exigência da Companhia de energia para a construção de uma Casa Elétrica. "Essa é a condição para reativar a energia local para usar na bomba que faz a irrigação e a drenagem quando tem excesso de água. A Codevasf alega que se iniciar a obra agora, vão concluir em outubro e, até lá, as famílias podem ficar sem plantar e a colheita pode ficar comprometida".

200 famílias

Iran explicou ainda que se tratam de 200 famílias que estão precisando de uma solução para esse problema. "Também quero externar que as estradas do projeto Betume estão intransitáveis e que isso é responsabilidade da Codevasf, por onde passam os tratores. Outro problema é que os carros estão circulando por falta de combustível por falta de assistência técnica".

Impacta na produção

Por fim, Iran também apontou problemas nas máquinas utilizadas para a limpeza dos canais. "Muitas estão precisando são velhas ou precisando de manutenção. Isso impacta na produção. Outro problema grave é que este ano o Estado não distribuiu sementes de arroz, alegando que os recursos tinham prioridade para a saúde".

Sem sementes este ano

"Isso também impacta diretamente nas condições de produção dos pequenos rizicultores. Com recursos parcos, essas pessoas ainda estão tendo que comprar sementes. Peço o apoio dos colegas para ajudar a solucionar esses problemas com diálogo, logo após de comemorarmos uma boa sofra na produção de arroz", completou o deputado.

Alese

Os deputados estaduais voltam a se reunir, em ambiente misto, na manhã desta quarta-feira (26) em mais uma sessão remota, por conta do novo coronavírus (COVID-19). Na tarde dessa terça-feira (25), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), em entendimento entre os líderes da situação e da oposição, definiu a pauta de votação para a sessão deliberativa.

Kitty Lima I

Serão apreciadas e votadas três indicações de autoria da deputada estadual Kitty Lima (Cidadania). A primeira delas solicitando ao prefeito de Aracaju que viabilize a instalação do sistema de vigilância eletrônica por câmeras no parque Augusto Franco (Parque da Sementeira); em outra indicação a deputada solicita ao diretor-presidente da Emdagro que viabilize o zoneamento para o plantio de café em Itaporanga e região circunvizinha.

Kitty Lima II

Na terceira indicação Kitty Lima faz uma solicitação do diretor-presidente do D.E.R. que seja instalado sistema de iluminação, com as devidas manutenções periódicas, na rodovia SE-100.

Goretti Reis

De autoria da deputada Goretti Reis (PSD) são duas indicações: na primeira ela solicita ao governador do Estado e ao secretário de Segurança Pública providências para aumentarem o efetivo das polícias Civil e Militar, e o número de viaturas para atender demandas do 7º batalhão de Polícia Militar, sediada no município de Lagarto; em outra indicação Goretti solicita ao Executivo que seja providenciada a criação do Comitê De Valorização das Mulheres do Sistema de Segurança Pública do Estado de Sergipe.

Janier Mota

Da deputada Janier Mota (PL) será apreciada e votada a indicação onde ela solicita ao governador e ao diretor-presidente do D.E.R. que promovam obras de asfaltamento da rodovia SE-175, entre os municípios de Nª Srª da Glória e o Povoado Jiboia em Gararu, via São Matheus da Palestina, devido aos vários transtornos causados diariamente à população.

Diná Almeida

Da deputada Diná Almeida (PODE) tem a indicação onde ela solicita ao governador do Estado e à secretária de Saúde, que determinem a passagem de carros-fumacê para pulverização de inseticida nas áreas urbanas e rurais dos municípios com alto risco de infestação do Aedes Aegypti, visando o combate à proliferação do mosquito.

Talysson de Valmir

De autoria do deputado estadual Talysson de Valmir (PL) será votada a indicação em que ele solicita ao governo do Estado a pavimentação da rodovia SE-175, mais precisamente no trecho que liga a cidade de Gararu ao povoado São Mateus, garantindo assim condições básicas de utilização e rodagem.

Capitão Samuel

De autoria do deputado Capitão Samuel (PSC) será apreciada e votada a indicação onde ele solicita ao governador que determine a proibição da retenção ou apreensão de veículos por falta de pagamento de tributos, enquanto durar o Estado de Calamidade Pública em razão da pandemia, em Sergipe.

Iran Barbosa

Também será apreciada a indicação do deputado Iran Barbosa (PT) em que ele solicita ao Poder Executivo a recuperação asfáltica da rodovia SE-120, que liga os municípios de Ilha das Flores à Neópolis.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com