Rogério festeja crédito de R$ 200 mi junto ao governo Bolsonaro para rodovias

12 de Setembro de 2020, 14:52

Este colunista insiste e vai ser repetitivo aqui: é preciso dizer a verdade para a população! Não se pode transmitir a "meia informação" ou, simplesmente, omitir os fatos! Sergipe tem sim boas razões para celebrar a liberação do empréstimo de R$ 200 milhões, via Caixa Econômica Federal (CEF), para o governo do Estado enfim reconstruir cerca de 300 quilômetros de rodovias, através do programa Pró-Rodovias! Essa não deixa de ser uma conquista do governador Belivaldo Chagas (PSD) e do senador Rogério Carvalho (PT), que "fez muita festa" nas redes sociais...

Só que, estranhamente, o líder do PT no Senado, um dos maiores críticos do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Congresso Nacional, esqueceu (ou omitiu) algo bastante relevante para os sergipanos: de reconhecer o gesto democrático do governo federal, liberando o empréstimo, sem questionamentos ou perseguições, para um governo estadual que, teoricamente, lhe faz oposição e, com a articulação de um dos seus maiores críticos em um órgão federal! É isso mesmo que você está lendo: Rogério está celebrando o empréstimos de recursos da União para Sergipe!

Mas não é o senador Rogério Carvalho quem vai para a tribuna do Senado ou para as redes sociais em Brasília e aqui no Estado taxar o governo de "genocida" e perseguidor? Será que ao liberar o crédito, via Caixa Econômica, de R$ 200 milhões para Sergipe, o presidente não está olhando para os mais pobres, para quem mais precisa e trafega pelas rodovias estaduais? Quantas vidas serão salvas quando as estradas estiverem prontas? Será que Rogério e os demais vão para BSB fazer um registro reconhecendo a liberação desse crédito para o nosso Estado?

Vão dizer que Bolsonaro não está dando, que está emprestando, e que tudo foi uma ação própria da Caixa Econômica (risos)! Falem a verdade para as pessoas! Estamos falando de recursos federais, emprestados ou não, têm a anuência da presidência da República! "Genocídio" é deixar as rodovias estaduais praticamente destruídas, ceifando centenas de vidas! João Alves Filho (DEM) era governador, adversário político do então presidente Lula (PT), e chegou a "travar a pauta" do Congresso Nacional para que Sergipe recebesse repasses obrigatórios!

A pedidos, Lula perseguiu João Alves, que precisou recorrer à época, ao então deputado federal José Carlos Machado (DEM) e aos senadores José Agripino Maia e Renan Calheiros para Sergipe receber o que era de direito! Depois a Secretaria do Tesouro Nacional deu um "nó" em João e não liberou um empréstimo tentado pelo Estado, para a construção da ponte que liga Aracaju a Barra dos Coqueiros, que foi erguida com recursos próprios, mesmo que lhe custasse uma derrota nas urnas! Nosso governador foi "boicotado" pelo "humano" Lula! E hoje o "genocida" Bolsonaro dá um "show de democracia"!

Com João no governo e Lula na presidência é difícil recordar uma emenda coletiva da nossa bancada federal cujos recursos foram repassados para Sergipe! O governador era tratado como inimigo, doa a quem doer! Hoje, Belivaldo e, principalmente, Rogério Carvalho, que não votaram e nem devem votar em Bolsonaro, celebram um crédito importante, sim, e sem qualquer perseguição do governo federal! Tomara que as rodovias fiquem recuperadas e logo, mas quando o leitor ouvir algumas críticas ao presidente, pare e reflita! Veja quem é "democrata" no agir, e não apenas no falar...

Veja essa!

É sempre oportuno registrar, ainda dentro da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) que, não fossem as dezenas de respiradores enviados para Sergipe pelo governo federal, o setor de Saúde no nosso Estado teria entrado em colapso! Muitas vidas ainda foram salvas graças aos recursos humanos e a esses equipamentos...

E essa!

Quando se imaginou em um governo como o de Lula, por exemplo, que um governador adversário como João Alves iria à BSB e conseguiria a liberação, mesmo por empréstimo, de R$ 200 milhões para a recuperação das rodovias estaduais? João construiu a ponte, não refez as rodovias e perdeu a eleição. O "crédito" da União não foi liberado, apenas por perseguição política!

Hospital de Campanha

Depois do vexame que passou com a Operação Serôdio da Polícia Federal/CGU/MPF, será que o Ministério Público Estadual está esperando uma nova "movimentação" para intervir no Hospital de Campanha sem UTI da Prefeitura de Aracaju? A estrutura continua montada, para atender a quase ninguém e com recursos públicos financiando tudo! Eu já vi esse "filme" antes! Será?

Cadê o Rossini?

Como perguntar não ofende jamais, alguém em Aracaju ou adjacências possui informações sobre o paradeiro do coordenador-geral da Central de Compras e Licitações da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLOG), Rossini Espínola Santos? É que ele anda meio "sumido" depois de ter sido afastado de suas funções, cautelarmente pela PF em cumprimento a um mandado judicial. Será que tá curtindo alguma praia?

Quem é ele?

Se trata do responsável pela grande maioria das licitações e dispensas realizadas pela Prefeitura de Aracaju, com algumas exceções. Um cargo altíssimo, de extrema confiança do prefeito e do Secretário da Fazenda. Na deflagração da operação foram obtidos indícios de que ele, que atuou na elaboração da Dispensa de Licitação nº 28/2020, favoreceu o empresário vencedor com a transmissão de informações sigilosas e com orientações de como a empresa deveria proceder para se esquivar das possíveis irregularidades.

 Exclusiva!

Falando em "dispensa de licitação", a coluna recebeu uma informação, que está sendo apurada, e que a Polícia Federal já deve ter conhecimento, de que um servidor de uma prefeitura sergipana, que exerce um cargo altamente estratégico, era responsável supostamente pela contratação de empresas que (PASMEM): seu irmão teria um percentual significativo como sócio! É ou não é um "negócio de família"? Bote o "cuscuz no fogo"...

Bomba!

Uma investigação em Estados do Nordeste, mais precisamente em prefeituras municipais, já identificou casos "clássicos" de funcionários fantasmas! Filho (a) de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e secretários municipais que proporcionam uma verdadeira "farra do dinheiro público"! A coluna obteve a informação que esse "levantamento" chegou "com força" em Sergipe! Será que em breve teremos algumas de nossas prefeituras em "rede nacional"? Olha, olha...

Belivaldo x Alessandro I

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) quis "movimentar" a cena política, nessa sexta-feira (11) e, em entrevista à Rádio Jornal, taxou o governador Belivaldo Chagas de "preguiçoso" por este não ter reunido a bancada federal sergipana durante a pandemia. Sobrou até para o jovem deputado e "disposto" Fábio Reis (MDB), também taxado de "preguiçoso"!

Belivaldo x Alessandro II

Em resposta, segundo o Portal Ne Notícias, o "galeguinho" disse que "conheço a preguiça dele (Alessandro) quando foi Superintendente da Polícia Civil. Nada fez". Agora, o sergipano que está precisando de "disposição e inspiração", neste momento de retomada econômica, vai ter é "preguiça" para acompanhar esse debate...

Olha o gaiato!

Um "gaiato" que acompanhou o embate pelos noticiários soltou essa: "se Belivaldo era o vice-governador de Jackson Barreto e Alessandro Vieira não fazia nada a frente da Superintendência, o que fez Belivaldo? Reclamou com JB e exigiu a saída ou apenas silenciou e se omitiu?". Quem sabe?  Galeguinho, galeguinho...

"Economia" é com Edvaldo!

Depois de retirar centenas de árvores do corredor da Avenida Hermes Fontes, essa semana a gestão "econômica" de Edvaldo Nogueira começou a plantar "placas de gramas" no canteiro central, mais precisamente na região do Hotel Ibis! A PMA já não tem o histórico de fazer esse "acompanhamento" no verão e, quando a estação mais quente chegar, se essa grama não tiver essa "despesa a mais" com água quase que diariamente, a tendência é que o "suado" dinheiro do povo tenha ido pelo "ralo", mais uma vez. Quem vai adorar a "ideia" do prefeito será a empresa a ser contratada para realizar esse "serviço essencial"...

 HUSE ou não USE?

O radialista Paulo do Valle denuncia que, esses dias, uma idosa de 70 anos já internada no Hospital de Urgência há cerca de 10 dias, não conseguia a alta médica para ser liberada para retornar à sua residência porque antes tinha que ser submetida a uma tomografia. Ou seja, se ela faz o exame com mais brevidade, era liberada logo, o risco de contaminação diminuiria e a despesa pública também, além de ser uma vaga a mais para outro paciente. Para Paulo do Valle "a saúde pública de Sergipe está na UTI"!

"Economia" de Belivaldo I

Para o "galeguinho" não ficar com "ciúmes" da crítica ao prefeito de Aracaju, aqui vai uma cobrança a ele: recentemente o governo iniciou, no Assentamento Paulo Freire, município de Porto da Folha, alto sertão sergipano, mais uma etapa do Projeto Sergipe de Combate à Desertificação, com a entrega de mais de 140 mil mudas de gliricídia para implementar campos de produção consorciada com a palma forrageira.

"Economia" de Belivaldo II

A pergunta que não quer calar: foram distribuídas 140 mil mudas em um assentamento onde não existe irrigação? E só resolveram plantar agora, quando as chuvas estão indo embora e o verão, região mais quente do ano, está se aproximando? Planejamento é tudo! Seja para plantar, seja para colher...

Alô Santa Rosa de Lima!

Muito bem aceita a pré-candidatura a prefeito de Santa Rosa de Lima do "velho" Janílson Alves (PSC), contador e aposentado da Caixa Econômica Federal, natural da cidade e com muita disposição para trabalhar. A convenção de seu partido, essa semana, teve grande mobilização pelas ruas da cidade e durante a solenidade. O pré-candidato a vice-prefeito é André Freitas.

Alô Lagarto!

Dia 16, a partir das 9 horas, tem a Convenção Municipal do PSC, quando os presentes vão deliberar sobre as coligações com outros partidos e anunciar os pré-candidatos a prefeito, vice e para vereadores. O convite vem sendo feto pelo presidente do Diretório Municipal e ex-prefeito Valmir Monteiro. O deputado estadual Ibrain de Valmir (PSC) é o pré-candidato do agrupamento a prefeito.

Alô Tobias Barreto!

O deputado estadual Dilson de Agripino e pré-candidato a prefeito de Tobias Barreto, lançou o ex-vereador César Prado como seu pré-candidato a vice. Em 2016, César foi candidato a prefeito do agrupamento e obteve 49% dos votos válidos; a chapa pode surpreender na eleição considerando que Dilson já foi prefeito por dois mandatos consecutivos e obteve excelente votação no município para deputado em 2018.

Dílson de Agripino

"Essa formação já era esperada pela população e por todo nosso agrupamento. Não houve resistências, pelo contrário, houve a certeza de que a construção da esperança deveria começar por aqui. Por isso, decidimos anunciar para toda população para que pudéssemos iniciar o trabalho de reconstrução das vidas e das histórias de todo o nosso povo.", destacou Dilson.

César Prado

"Nossa caminhada sempre foi baseada na minha forma que Dilson nos ensinou, fazendo uma política de missão. Por isso, estamos serenos e prontos para dialogar com a população e apresentar nosso legado de trabalho e plano de futuro. Quem vai decidir é o povo, Tobias Barreto nos conhece. Nossa cidade está prestes a viver uma nova história de progresso, assim como viveu nos oito anos da gestão de Dilson, que avançou nossa cidade e tornou nosso povo feliz.", finalizou.

Sargento Vieira

Empossado essa semana como primeiro suplente de vereador de Aracaju, o Sargento Jorge Vieira (Cidadania) explicou que não vai polemizar sobre os rumores de que vão tentar lhe afastar da Câmara Municipal. Ele substituiu o vereador Jason Neto (in memoriam) e seu mandato se entende até o dia 31 de dezembro, dentro da extensão da atual legislatura.

Jason presente

Vieira explica que tem posição política definida em Aracaju e que pretende honrar os votos recebidos, tanto dos eleitores de Jason Neto quanto dos seus em 2016. "Infelizmente o amigo Jason Neto não está mais, fisicamente, entre nós, mas ele estará presente sim no nosso mandato. Como defensor dos anseios do povo aracajuano, quero poder aproveitar estes meses na CMA para honrar o legado de Jason".

Com o jurídico

O vereador explicou que as questões jurídicas a respeito de seu mandato serão tratadas, exclusivamente, por sua assessoria jurídica. "Eu não vou ficar batendo boca e nem dando explicações. Estou no exercício legítimo e democrático do meu mandato, que é mantido pelo povo de Aracaju e são por essas pessoas que vou trabalhar! Sobre questões jurídicas, a minha assessoria jurídica é quem estará à frente para responder a quaisquer questionamentos".

Compromisso

Por fim Vieira disse que o destino lhe proporcionou esta oportunidade e ele pretende não desapontar a sociedade. "Não estou chegando na Câmara Municipal para radicalizar! Tenho posição política definida em relação à gestão municipal. Vou apenas exercer meu mandato com dignidade, fiscalizando e cobrando do poder público. Não estou aqui para perseguir e nem ser perseguido, mas para trabalhar pelo povo".

Kitty Lima I

A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) encaminhou duas indicações de cobrança para a efetivação do Plano de Manejo do Parque Serra de Itabaiana, localizado na região Agreste do Estado de Sergipe. Desde o seu anúncio, em 2016, o plano que contempla diretrizes e normas para a coleta de dados da biodiversidade do parque está parado e a parlamentar busca respostas junto aos institutos ICMBio e Ibama.

Kitty Lima II

Os documentos são endereçados justamente aos dois órgãos e neles a deputada alega que o Plano de Manejo é essencial por tratar diretamente da preservação do espaço. "As irregularidades são frequentes e comprometem a integridade do parque, além de colocar em risco os recursos naturais que são dispostos ali. Recordo que na Serra de Itabaiana há espécies ameaçadas de extinção, a exemplo do lagartinho-de-abaeté, e o cumprimento desse plano é fator primordial para que o seu funcionamento seja melhor regularizado e os recursos naturais sejam preservados da melhor maneira", argumentou Kitty Lima.

Cenário incerto

O Plano de Manejo do Parque Serra de Itabaiana foi aprovado em 21 de julho de 2016 e possuía previsão de conclusão das suas metas para 2021. O cenário de cumprimento das principais medidas esperadas é considerado incerto, dado o andamento praticamente nulo do processo. "Desde a edição desta portaria, em 2016, temos aguardado com expectativa que o plano fosse cumprido. Infelizmente, a realidade é outra e, efetivamente, temos visto pouco resultado. O prazo está se esgotando e nós não vamos deixar o assunto cair no esquecimento", alertou a deputada.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com