siga nossas
redes sociais:

Unificação das eleições para 22 daria fim a muita hipocrisia sobre o Coronavírus! 

14 de Abril de 2020, 12:44

Para quem conhece um pouco dos bastidores da política e que sabe muito bem como os "interesses" se relacionam, este colunista não tem outra leitura a fazer: defende abertamente a unificação das eleições para 2022! E aqui não se trata de defender "político A" ou "político B"; mas de defender, verdadeiramente, a população! A avaliação é que tirando a "pauta eleitoral" neste momento, derrubaríamos muita hipocrisia que está sendo "lançada" nesta luta contra o coronavírus.

Estamos vivendo sob uma pandemia que há muito tempo não se via. Isso é fato! Se foi a China, a Coréia do Norte ou "castigo bíblico", este é sim um momento único para que o Mundo reflita um pouco e avalie melhor os próximos passos. Temos dois embates bem articulados no Brasil: o primeiro opõe a Saúde e o emprego; o segundo opõe boa parte da mídia (e muito fomentada pela oposição) e o presidente Jair Bolsonaro. Este último é tão evidente que até setores do governo são elogiados para tentar fragilizar e/ou derrubar o chefe do Executivo, diga-se de passagem, eleito democraticamente.

Vidas estão sendo ceifadas no mundo inteiro, inclusive no Brasil; há uma preocupação racional com a saúde do povo, mas também com o desemprego em massa, que em breve, também "matará muita gente"; sobre o embate entre a mídia e o presidente, de um lado a imprensa ainda não entendeu que as redes sociais – trunfo de Bolsonaro – estão um passo a frente e esse impasse forçado com o governo só vai dividir ainda mais opiniões e tencionar as discussões.

Está claro que, pela divisão estabelecida no País no momento, Bolsonaro não deverá "cair" e, com o aumento do desemprego, seu discurso tende a se fortalecer mais; em meio a isso, existem "urubus" tentando se aproveitar do momento de crise; gente que passa uma "versão" na mídia ou nas redes sociais, inflamando pessoas, tentando persuadir outras. Este momento em que a nossa população está em quarentena, isolada, fragilizada, emocionalmente comprometida, eis que um grande mal surge: a hipocrisia de alguns!

Voltando aos "bastidores da política" lá de cima, este colunista acompanha em silêncio algumas propostas "mirabolantes", autoridades aumentando a tensão das pessoas, projetos demagógicos e claramente inconstitucionais; estamos diante de uma pandemia, lembrem-se! A vida inteira o Brasil teve miséria e pobreza; há anos vem mantendo uma "média" superior a 10 milhões de desempregados, mas só agora "alguns" resolveram "cortar salários", suspender benefícios; todos devem ajudar sim, é verdade, mas é neste momento que o "oportunismo eleitoral" se fortalece...

Neste momento não há nada mais "racional", além da preocupação com a saúde e o emprego, do que cancelar as eleições de 2020 e, quem sabe, promover a unificação para daqui a dois anos. Prorrogar ou não mandatos? Esta não é a discussão mais relevante no momento! Agora é salvar vidas e garantir a dignidade humana. O Congresso já deveria ter liberado os bilhões do Fundo Eleitoral para combater o vírus! É nisso que a mídia deveria focar! Isso é relevante! Sem campanha, aí sim muitos "hipócritas" voltarão para o "subterrâneo" e nós veremos quem realmente se preocupa com o povo...

 Veja essa!

Procurado por este colunista, o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) confirmou que está protocolando na Assembleia Legislativa um requerimento de convocação dos secretários de Estado da Saúde, Educação e da Inclusão e Assistência Social para acompanhamento das ações do Governo no combate e prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

 E essa!

O parlamentar reconhece o esforço da Alese em realizar os trabalhos através de sessões remotas, com pauta pré-estabelecida e votações de indicações e projetos, mas entende que a atividade deve ser ampliada com a fiscalização dos atos do Poder Executivo. "Já estamos com um mês, aproximadamente, do decreto governamental com medidas de isolamento social. Queremos saber agora o que vem sendo feito pelo Governo".

 Georgeo Passos

Georgeo explicou que Sergipe já teve reconhecido seu Estado de Calamidade Pública e que o decreto governamental se estende, pelo menos, até o próximo dia 17, reforçando as ações de combate ao coronavírus em todo o território estadual. O parlamentar lembra que, por força do decreto legislativo que reconheceu a calamidade, o secretário de Estado da Fazenda, Antônio Queiroz, não precisa ser convocado porque ele já é obrigado a detalhar a situação financeira para os deputados.

Saúde

"A convocação do secretário da Saúde, Valberto Oliveira, é importante para que a gente tenha ciência de todas as medidas adotadas pelo governo do Estado no combate ao Covid-19, informando o número de leitos, os contratos já realizados e se já temos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) suficientes e que deem tranquilidade para os servidores da Saúde que estão na linha de frente dessa pandemia", explicou Georgeo.

 Educação

Sobre a convocação do secretário de Educação, Josué Modesto dos Passos Sobrinho, Georgeo explicou que vai buscar informações sobre o ano letivo da rede estadual e sobre qual será o planejamento do Governo pensando nos alunos que ficarão prejudicados em meio a essa pandemia. "Também vamos buscar detalhes sobre os critérios adotados para a distribuição da merenda escolar".

 Assistência Social

Por fim, a convocação da secretária de Inclusão e Assistência Social, Lêda Couto, se dará para que o Estado apresente, ao longo desses 30 dias, aproximadamente, o que está sendo feito para ajudar as pessoas e grupos vulneráveis. "Queremos detalhes da secretaria sobre a distribuição de cestas básicas (compra recente e emergencial de R$ 1,9 milhão em cestas) e sobre as demais ações voltadas para o social".

Ibrain Monteiro I

O deputado estadual Ibrain Monteiro (PSC) protocolou na Assembleia Legislativa uma indicação para o Governo do Estado no sentido que providencie, através da Secretaria de Cultura e demais órgãos responsáveis, estudos com o objetivo de proporcionar uma ajuda de custo aos profissionais da música, residentes em Sergipe.

 Ibrain Monteiro II

Ibrain explica que sua propositura atende a um apelo da UNIMU/SE (União dos Músicos de Sergipe), neste cenário em que não estão sendo realizadas as contratações de seus serviços por conta dessa pandemia gerada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Ajuda para artistas

"Estes profissionais vivem de sua arte e precisam de ajuda para sobreviverem e manterem seus familiares. Todos nós estamos assustados e preocupados com os riscos deste vírus, mas não podemos esquecer esses trabalhadores que geralmente não têm o devido reconhecimento e precisam de apoio financeiro do Estado"           , defendeu.

Taxistas e Moto taxistas

Em outra indicação, desta vez ao Banese, Ibrain Monteiro defende também que o "Banco dos Sergipanos" estude e viabilize uma linha de crédito específica para taxistas e moto taxistas. "Não podemos esquecer quem precisa seguir na linha de frete para garantir o sustento da família. Essa ajuda via Banese é para que eles possam suportar a redução drástica dos serviços neste período de quarentena". 

Sem água I

Não é de agora que este colunista tem cobrado e externado a reclamação de muitos sergipanos, em especial da região Agreste, sobre a falta de abastecimento de água. Sem água nas torneiras, a população não segue a prevenção da pandemia, não tem higienização. Galeguinho, galeguinho...

 Sem água II

O problema "crônico" da falta de água em diversos municípios do interior sergipano, também chegou a diversos bairros da capital. É isso mesmo! A reclamação é de falta de água nas torneiras em diversos pontos de Aracaju. A responsabilidade é da DESO, mas o prefeito Edvaldo Nogueira, que tanto já criticou a Companhia, parece que não tomou conhecimento desse problema...

 Cadê Eliane?

Em tempos de quarentena e isolamento social, a vice-governadora Eliane Aquino (PT) que, pelo cargo que ocupa, deveria estar na linha de frente, anda um tanto desaparecida. Seu papel social é imprescindível neste momento. Poderia tá ajudando, levando assistência para as comunidades mais carentes. O "assistencialismo" condenado no passado nunca fez tanta falta...

 PSDB Aracaju

Acácio Cardoso assumiu a presidência do PSDB Aracaju e recebeu a difícil missão do ex-senador Eduardo Amorim.  Em pouco tempo Acácio já conseguiu montar uma chapa onde pretende eleger três vereadores. Ele se diz orgulhoso de ter conseguido filiar 46 pessoas sem oferecer cargos, sem prometer nada, "Só com a credibilidade" afirma.

 Acácio Cardoso

"O PSDB em Aracaju será orgulho para todo o Brasil. Aqui só filiamos pessoas do povo, pessoas ficha limpa, que sonham com um país melhor. Não aceitamos ninguém que tenha mandato, nenhum que tenha riqueza, só trabalhadores que honram o lindo Brasil", declarou o presidente.

 Fundação Renascer I

Apesar de já ter sido chamado pelo chefe maior e advertido sobre as "peripécias" constantes no órgão, o presidente Welington Mangueira parece que "faz de conta" que não entendeu e continua com o mesmo blá blá blá. É tudo como antes, no quartel de Abrantes...

 Fundação Renascer II

Recém-chegado, o atual diretor administrativo-financeiro da Fundação até que se esforça para dá um rumo ao órgão, no entanto, com o "cartel de familiares" montado pelo presidente, que vivem de "leva e trás" e nada produzem, por enquanto novos tempos estão longe de chegar...
 
Mais detalhes

A coluna trará em breve mais detalhes da "novela" do setor de contratos da Fundação relacionado a uma empresa, que providenciou a contratação e o fez de forma direcionada, desrespeitando a lei. Detalhe: quem acata o recebimento da mercadoria é a esposa de quem atesta! Aí e bom demais, ou não?

 Próximos capítulos

Traremos também novas informações dos supostos desmandos nas contratações de obras públicas pela Seduc. Este colunista solicitou mais informações ao "corpo técnico" que analisa os documentos que chegaram, mas a turma "entrou em quarentena" por conta do coronavírus! Detalhe: trata-se de uma mera cautela, pois a vasta documentação apresentada pelo denunciante (um ex-vereador da capital) deve comprometer muita gente...

 Bomba!

O decreto governamental promovendo o isolamento social atingiu em cheio alguns setores. Este colunista foi procurado por um representante de funcionários da Viação Atalaia (transporte coletivo) que já demitiu mais de 40 trabalhadores e, até agora, não resolveu o pagamento, esperando uma posição do Sintra (Sindicato da categoria). São dezenas de pais de família apreensivos, já sem dinheiro no bolso e que aguardam uma definição para esse impasse.

Exclusiva!

Não é o "GLOBOCOP", mas este colunista recebeu imagens aéreas do bairro Japaozinho, na Zona Norte de Aracaju, onde as obras da Prefeitura de Aracaju seguem a todo vapor, com trabalhadores da construção civil sem respeitar a "distância regimental" e, salvo engano, desrespeitando a recomendação do Ministério Público, que tem sido atuante contra os supermercados e farmácias, mas já sobre as obras...

 Alô Santo Amaro!

A coluna recebeu a informação de um caso lamentável que teria ocorrido no município de Santo Amaro das Brotas. Dois policiais teriam levado o som que estava ligado em uma residência. A depender do barulho, este colunista nem questiona, mas segundo o denunciante uma deficiente teria sido algemada e houve um disparo no pé do proprietário do imóvel. Este colunista é defensor dos militares que estão na linha de frente contra a pandemia, mas não concorda com supostos abusos. Com a palavra o comando da PM.

 Julgamento virtual

Muita gente está acompanhando o noticiário do novo coronavírus e segue achando que o País está completamente parado, inclusive o andamento de alguns processos em Cortes superiores. Tem um julgamento, por exemplo, que interessa (e muito) ao povo sergipano e que está para ser votado muito em breve. Quem estava apostando nada ia acontecer por enquanto, é muito melhor se preparar...

Gilmar Carvalho I

Atento às demandas da população neste tempo de pandemia do coronavírus Covid-19, o deputado estadual Gilmar Carvalho tem cobrado incisivamente dos governos federal e estadual uma atuação mais forte no combate aos problemas decorrentes da crise na saúde pública mundial.

 Gilmar Carvalho II

Assim, tem avaliado propostas e projetos de diversas cidades que possam ser usadas nos municípios de Sergipe, para garantir o bem-estar da população. Como exemplo, o IPTU em Aracaju. Preocupado, Gilmar avalia que é necessário prorrogar os prazos, garantindo menos despesas durante a crise. "A Prefeitura de Camaçari prorrogou prazo para pagamento do IPTU. O que está esperando o prefeito Edvaldo Nogueira para fazer sua parte?", questionou em suas redes sociais.

 Maria do Carmo I

Dez municípios sergipanos receberam, no final da semana passada, recursos para investimentos em Programa de Saúde Básica. A verba é fruto de emendas individuais da senadora Maria do Carmo Alves (DEM), relativas à Lei Orçamentária deste ano.  No total foram destinados R$ 2 milhões, distribuídos entre Porto da Folha (R$ 250 mil), Gararu (R$ 250 mil), Cedro de São João (R$ 300 mil), Carira (R$ 200 mil), Ilha das Flores (R$ 200 mil), Indiaroba (R$ 200 mil), Malhada dos Bois (R$ 200 mil), Propriá (R$ 200 mil), Canhoba (R$ 100 mil)  e Siriri (R$ 100 mil).

 Maria do Carmo II

No dia anterior à liberação desse valor, outros R$ 1,5 milhão foram empenhados e deverão ser pagas com igual brevidade. "Nesse momento de pandemia, tivemos a preocupação de remanejar recursos para ações de enfrentamento ao coronavírus", disse a senadora, ao destacar a importância da liberação do dinheiro uma vez que algumas Prefeituras, ainda, estão se preparando para os períodos de maior intensidade de contágio do vírus, segundo previsão que vem sendo feito por autoridades da área médica.

 Maria do Carmo III

Entre o meio de 2019 e o primeiro quadrimestre deste ano, Maria do Carmo Alves já conseguiu a liberação de R$ 65 milhões para diversos municípios sergipanos. "Focamos na saúde que é uma área bem sensível, sobretudo, agora com o coronavírus que, ainda, não está controlado, o que exige mais cuidado e investimento por parte dos gestores". Ela lembrou que parte das verbas já disponibilizadas para as Prefeituras foi para aquisição de equipamentos e estruturas que já estão sendo usadas nesse momento.

 Intervenções da senadora

A senadora ressaltou que uma fatia dos R$ 65 milhões conseguidos pelo seu mandato, é fruto de verbas de programação, pleiteada por ela junto ao Ministério da Saúde. "Nós fizemos intervenções nesse sentido e o próprio Ministério da Saúde fez os repasses diretamente para as contas das Prefeituras contempladas", explicou Maria do Carmo. 

Alô Lagarto!

O vereador Alex Dentinho (MDB) propôs ao Poder Executivo a isenção da taxa de iluminação pública através de um projeto de lei. "Seguimos em casa, de quarentena, mas o trabalho não para. Protocolei na Câmara Municipal de Lagarto, um projeto de lei para isentar, para acabar com a taxa de iluminação pública no nosso município. Taxa essa que você, contribuinte, paga todos os meses no seu talão de energia. Está lá, pode conferir", ressaltou.

Alex Dentinho

E continuou, destacando que o próximo passo depende do Executivo. "Então, prefeita, tenho certeza que você vai se sensibilizar, tenho certeza que você vai atender o nosso pedido em caráter de urgência. Estou à inteira disposição sobre o que você quiser discutir. O Governo Federal já fez a parte dele, já isentou pessoas cadastradas em programas sociais. Tenho certeza, prefeita, que a senhora também vai atender nosso pedido, vai atender a população lagartense, que mais precisa num momento como esse. Desde já, agradeço a todos!", finalizou.

Restauração florestal I

O coordenador geral do Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras, Professor Antenor Aguiar, explica que um dos principais objetivos do projeto é recuperar áreas degradadas por meio do plantio de espécies florestais para fins de restauração de áreas de preservação permanente.

 Restauração florestal II

"A Mata Atlântica, que um dia já foi muito vasta e frondosa, possui atualmente apenas 6,9% da cobertura original em Sergipe, segundo o Atlas da Mata Atlântica (SOS Mata Atlântica). Por isso, toda ação de plantio é benéfica a fim de minimizar o impacto das ações antrópicas e da destruição deste importante bioma em nosso país e, em especial, em Sergipe", lamentou o coordenador geral.

Thadeu Ismerim

O engenheiro Florestal e coordenador técnico do projeto, Thadeu Ismerim, explica que o Ipê rosa, ipê amarelo, pau-ferro, pau-pombo, canafístula, e pau brasil são algumas das espécies que, em breve, serão plantadas no local.  "Este plantio pode contribuir para a formação de um corredor ecológico e gerar matrizes de árvores importantes para a mata Atlântica nessa região, a exemplo da Handroanthus impetiginosus (ipê-roxo), que está quase ameaçada de entrar extinção, e da Cedrela fissilis (cedro), que está vulnerável", completou Ismerim.

 Áreas degradadas

 "O primeiro passo foi o diagnóstico de áreas degradadas que necessitam de intervenção do homem para o pleno desenvolvimento da vegetação nativa. Depois, levantamos algumas informações gerais sobre as propriedades agropecuárias localizadas no entorno dos rios Sergipe e Cotinguiba e dialogamos com seus responsáveis, com o objetivo e de definir o local do reflorestamento", detalhou o técnico agropecuário do projeto, Jamisson Santos.

Isolando áreas

"No momento estamos realizando o cercamento para isolar a área da ação de agentes externos, como animais e até o próprio homem. O próximo passo é abrir as covas em que serão plantadas as mudas, no início do período chuvoso. Feito isso, realizamos o processo de controle das plantas invasoras e pragas, a adubação inicial e só então plantamos as mudas", completou Jamisson. 

 CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com