siga nossas
redes sociais:

Crianças participam de plantio simbólico de árvores durante ação do Projeto Azahar

09 de Setembro de 2019, 08:56

Para dar início às comemorações pelo mês da árvore, estudantes da Escola Dom Pedro II, do bairro Pedra Branca, em Laranjeiras, participam, na manhã da próxima terça-feira, 10, de um plantio simbólico de mudas de árvores nativas da região. 

A ação é uma iniciativa do Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras, realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão (FAPESE) e pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), em parceria com a Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

A atividade acontece nesta terça-feira, 10, a partir das 7h30, com previsão de encerramento por volta de 10h, na Praça Éder Ribeiro Leite, conhecida como Praça de Eventos, em Laranjeiras. A área está localizada no fundo da Universidade Federal de Sergipe – campus Laranjeiras, próximo à ponte situada na Rua Barros Siqueira de Menezes.

Para a assessora de educação ambiental do Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras, Aldjane Moura, muito mais do que plantar mudas, a ação desta terça-feira tem o objetivo de sensibilizar as crianças e adolescentes para a necessidade de preservação do meio ambiente, em especial das matas ciliares dos rios Sergipe e Cotinguiba, que corta a cidade de Laranjeiras.

"Ao envolver os estudantes no plantio, pretendemos conscientizar e estimular o conhecimento acerca dos benefícios do reflorestamento das matas ciliares", apontou Aldjane, frisando que a ação articula dois eixos de atuação do projeto Azahar: Flor de Laranjeiras: educação ambiental e restauração florestal.

"Além do caráter educativo para os meninos e meninas que participarão do plantio, a ação traz em si o simbolismo da esperança e do futuro", completou o professor doutor Antenor Aguiar, coordenador geral do Projeto Azahar.

Restauração Florestal

O local em que ocorrerá o plantio simbólico já está sendo reflorestado pelo Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras.  A área tem abrangência de 2,2 hectares e receberá, entre setembro e outubro, duas mil e quinhentas mudas de espécies nativas da região: ipê roxo, ipê rosa, ipê amarelo, pau-ferro, pau-pombo, canafístula, jacarandá, e pau brasil. Ao longo dos dois anos de execução do projeto, serão restaurados 10 hectares de áreas degradadas da bacia hidrográfica do rio Sergipe

A coordenadora técnica do projeto, Hannah Uruga, explica que, além auxiliar no equilíbrio ambiental e na preservação do rio, as árvores ainda embelezam a cidade histórica. "As árvores ajudam a purificar o ar, a controlar a temperatura e a proteger o solo. A recuperação de áreas degradadas gera impactos diretos na proteção de rios e nascentes, ajudando a manter o equilíbrio ambiental, repercutindo na flora, fauna e na quantidade e qualidade dos cursos das bacias hidrográficas", apontou Hannah.

Sobre o projeto

No sul da península Ibérica, Azahar significa Flor de Laranjeira. Em Sergipe, Azahar: Flor de Laranjeiras é o nome do projeto cujo objetivo é contribuir com a promoção da segurança hídrica no município de Laranjeiras, em especial nas comunidades de Pedra Branca e Bom Jesus. Para isso, o projeto desenvolve ações em quatro eixos: monitoramento hídrico, educação ambiental, restauração florestal e pesquisa científica.

Serviço:

O que: Plantio Simbólico de mudas por crianças e adolescentes

Quando: Terça-feira, 10, das 7h30 às 10h

Onde: Praça Éder Ribeiro Leite, conhecida como Praça de Eventos, em Laranjeiras.

Foto assessoria

Por Débora Melo