siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Encontro Cultural de Laranjeiras já aquece a economia local

05 de Janeiro de 2018, 15:44

O segundo dia da 43ª edição do Simpósio do Encontro Cultural de Laranjeiras tem movimentado a economia local com a presença de turistas de outras cidades e outros Estados do País. Atendendo a orientação do prefeito Paulo Hagenbeck (DEM), o “Paulão das Varzinhas”, e da vice-prefeita Suely Alves (DEM), a “Suely da Escolinha”, todos os setores da administração estão voltados para a organização do evento.

A presença de vários turistas na cidade tem agradado a alguns comerciantes. Para a vendedora de cerveja, Maria de Fátima do Santos, conhecida por “Fafá”, quem reside em Laranjeiras tem no Encontro Cultural uma grande oportunidade para fazer uma renda extra para a família. “Eu espero o ano inteiro por esse evento. A gente se aperta, compra a bebida e fica na expectativa das vendas. Com tanta gente de fora aqui as vendas estão bem aquecidas”.

Quem também destaca a importância do Encontro Cultural é seu José Alves da Silva, que comercializa pasteis e churrascos. “Acho importante este tipo de evento porque ele atrai muita gente da capital e de outras cidades. Para a gente que vive do pequeno comércio, é uma oportunidade de tirar um bom dinheiro nestes dias de festa. Tenho mercadoria aqui, mas estou apostando que antes de domingo já consigo vender tudo”.

Para o prefeito Paulão das Varzinhas o Encontro Cultural está beneficiando toda a economia local de Laranjeiras. “Nós tivemos o cuidado de honrar os compromissos salariais com todos os servidores efetivos e comissionados antes do final do ano e também pagamos o 13º salário. Muita gente pôde investir em mercadorias e agora está tirando o lucro neste evento aqui na cidade”.

“Por onde eu passo eu vejo os comerciantes festejando as boas vendas. A cidade está movimentada, o dinheiro está circulando na cidade. Os turistas estão vindo e estão consumindo. Isso é bom porque aquece a economia local. Além da valorização da nossa Cultura, das nossas tradições, este Encontro também é especial porque gera emprego e renda para a o povo de Laranjeiras”, completou o prefeito.

Por fim, Paulão das Varzinhas lembrou que a meta inicial era de 500 vendedores ambulantes, mas já passam de 700 o número de pessoas comercializando no município. “O Encontro Cultural aqueceu a economia de Laranjeiras. Todo mundo está trabalhando, todo mundo está faturando. Só em refeições temos almoço, lanches e janta, tudo sendo preparado e comercializado em Laranjeiras”.

Por Habacuque Villacorte

Foto: Acrísio Siqueira

  • Medium 24dee4e2bd5cf5c6982e5355059cc3f1