siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Governo entrega trator e suplementos agrícolas à Emdagro de Itabaiana

07 de Setembro de 2018, 08:55

O governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), entregou na manhã desta quinta-feira, 6, ao Centro de Formação e Tecnologia em Agricultura Sustentável (CDT) da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), localizado no povoado Agrovila, em Itabaiana, um trator, um caminhão e suplementos agrícolas (arado, roçadeira e subsolador). O valor do investimento supera a cifra dos R$ 300 mil, fruto do programa Águas de Sergipe, em parceria com o Banco Mundial.

Esta não é a primeira vez que o Governo, por meio da Semarh, beneficia a Emdagro de Itabaiana. Já foram entregues três veículos de passeio, uma caminhonete, além de execução de obras para reformas de escritórios, totalizando investimento de mais de R$ 1,3 milhão. O objetivo do Governo é fortalecer o desempenho da Empresa em sua área de atuação, além de dar condições de trabalho a funcionários e, consequentemente, prestar um melhor serviço aos agricultores.

O gestor da Semarh, Olivier Chagas, esteve presente ao ato e destacou a importância do investimento. “É uma satisfação estar aqui, numa reunião como esta, tão simples, no campo, para falar de coisas tão importantes. Nesta ação, nós estamos dotando a Emdagro de suplementos agrícolas, dando condições de fazer reuniões numa sala adequada, reformada e com mobília nova, estamos privilegiando os agricultores. Estamos trazendo sementes da melhor qualidade e nós vamos cuidar delas. Ela vai crescer e dar muitos frutos aqui”.

O secretário lembrou que a Semarh contratou uma empresa para fazer o enquadramento dos corpos hídricos, com o objetivo de verificar a qualidade da água e saber traçar melhores estratégias para preservá-la. Além disso, ele comentou sobre o investimento de quase R$ 1 milhão para fazer capacitação, envolvendo todos os agricultores e seus familiares, além de agentes de saúde e professores da rede municipal e estadual para que se faça o uso correto dos agrotóxicos.

O gestor ainda fez questão de ressaltar que o Governo investe em Itabaiana, por meio da Semarh, mais de R$ 90 milhões em obras. “O investimento aqui é significativo e importante. Às vezes, a sociedade não compreende isso. São obras como a estação de tratamento de esgoto, que já está pronta, da macrodrenagem, que em breve iniciará e vai acabar com as enchentes. O Governo está fazendo muito por esta cidade”.

O gestor do Centro de Capacitação da Emdagro de Itabaiana, Valtenes Braga, agradeceu a atenção do Governo. “Estamos recebendo implementos agrícolas que vão facilitar o nosso trabalho no tocante à conservação de água e solo. O trator tem um objetivo também de servir aos irrigantes do perímetro irrigado do Jacarecica. Aqui são 124 famílias assentadas e esses equipamentos vão ajudar os produtores de forma subsidiada. O ‘Águas de Sergipe’ tem uma importância muito grande para o fortalecimento da nossa agroecologia. O CDT da Emdagro foi concebido desde o ano 2000 e ele é referência para Sergipe e outros estados da região. Essa parceria é fundamental.

O coordenador do programa Águas de Sergipe, Everton Teixeira, disse que o Programa veio para dar melhoria ao dia a dia dos agricultores e técnicos agrícolas. Ele também revelou que, na segunda-feira, 10, será aberto um edital para que seja feita uma ampla reforma nesta área com o objetivo de dar mais qualidade e capacidade para desempenhar sua função. “O Programa Águas de Sergipe está investindo, de fato, muito dinheiro, tentando qualificar esta unidade da Emdagro e de outras também. É importante que os técnicos da Emdagro ajudem os agricultores a identificarem a importância deles com relação a capacitação, para se ter uma vida no campo mais saudável”.

Aprovação

O agricultor Reginaldo Alves dos Santos, de 68 anos, tem um pequeno lote na Agrovila e disse que os equipamentos vão ajuda-lo na produção. “Nós não temos condições de alugar trator para agilizar o trato da terra. Agora, vai facilitar bastante. Parabéns ao Governo”.

Na avaliação de Elisabete Campos, técnica da Emdagro, os equipamentos são importantes. "Desde o início, esse Centro existe para orientar os agricultores na produção agroecológica, prática de conservação de água e solo”.

Foto: Lucas Noronha/Semarh