siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Mais uma etapa para reabertura do matadouro de Itabaiana

28 de Dezembro de 2018, 13:15

 

 

Só quem vivencia a profissão de marchante, fateira e boiadeiros sabe dos entraves que a atual administração da prefeita Carminha Mendonça está enfrentando para reabrir o matadouro municipal de Itabaiana. A cada etapa ultrapassada há um obstáculo a ser vencido, e esse novo empecilho é o valor da licitação para que uma empresa faça a coleta dos dejetos do matadouro. A quantia estabelecida é de R$ 1.620.000,00 (Hum milhão e seiscentos e vinte mil reais) estipulado na licitação proposta pelo prefeito afastado Valmir de Francisquinho, para que a empresa ganhadora pague ao município esse valor dividido em 5 parcelas, para um contrato de 5 anos.

Após a Câmara de Vereadores de Itabaiana aprovar projeto que permite o aumento da taxa de abate, possibilitando assim a reabertura do Matadouro Público Municipal, o que seria um alivio para dezenas de marchantes, fateiras e comerciantes que trabalham com a comercialização de derivados bovinos, o valor da licitação é outro obstáculo que a gestora Carminha Mendonça e a assessoria jurídica da prefeitura  com a ajuda de Otacílio estão estudando a melhor forma, cumprindo a determinação do Ministério Público, para resolver e reabrir o matadouro municipal.

De acordo com Otacílio José Gois, representante dos marchantes e boiadeiros do município de Itabaiana, a situação ainda não foi definida devido a entraves burocráticos. “Das 40 empresas que atenderam ao edital de licitação, nenhuma compareceu, simplesmente porque teria que pagar R$ 1 milhão e 620 mil reais em cinco parcelas para recolhimento dos dejetos. Não é o valor que dificulta, é quantidade de parcelas para o pagamento”. A empresa que for aprovada na licitação teria apenas um ano de lucro na exploração da atividade do matadouro. Além do valor estipulado, a empresa tem obrigações com a administração do local, custo com a limpeza do ambiente, pagamento do salário dos funcionários, e demais serviços.

A prefeita de Itabaiana Carminha Mendonça continua, incansavelmente, buscando uma saída para a reabertura do matadouro municipal com a ajuda de Otacílio, para através do processo licitatório, encontrar uma empresa que possa começar a operar no matadouro. A busca agora é a negociação do prazo para o pagamento do valor referente à exploração do local.

Ainda segundo Otacílio Gois, os esforços empreendidos com Carminha Mendonça já estão tendo resultados. “Estou empenhado em ajudar a prefeita como representante dos marchantes e boiadeiros. O mais rápido possível daremos uma resposta positiva e isso será um presente oferecido a população”, disse.

Fonte e foto assessoria