siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Mobilização dos servidores garante data de pagamento do PMAQ na Prefeitura de Glória

11 de Maio de 2019, 07:14

Os servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Nossa Senhora da Glória e a direção do Sindiserve Glória se reuniram na manhã dessa terça-feira (07), na sede do sindicato, após a Administração Municipal ter apresentado proposta de decreto, como uma resposta positiva ao ato público da categoria marcado para o mesmo dia.

No sindicato, os servidores avaliaram o teor do decreto que regulamenta a divisão dos recursos do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) assim como a data para começar o pagamento.

Os servidores presentes na reunião aprovaram a proposta de divisão dos recursos, sendo 50% destinados à gestão para custeio e 50% destinados aos servidores a título de bonificação. Da parte dos recursos destinada aos servidores, a categoria definiu a seguinte divisão: 35% para os servidores de nível superior, 55% para os de ensino médio/técnico e 10% para os trabalhadores de apoio.

Com relação ao pagamento, a direção do sindicato informou que a proposta da Administração Municipal é pagar as parcelas do ano de 2018 junto com o salário de maio. Já as parcelas de 2019, o secretário Municipal de Saúde está estudando a possibilidade de pagar os valores referentes à janeiro, fevereiro e março ainda em maio.

Outro assunto discutido pelos servidores foi a necessidade de alterar os itens do Decreto que versam sobre as regras de avaliação de desempenho apresentadas pela Administração.

A diretora da Fetam e do Sindiserve, Itanamara Guedes, informou que todas as observações feitas pelos servidores seriam apresentadas ao secretário municipal de Saúde, Terino Lima. "Avalio que já avançamos, conseguimos que a Administração apresentasse a proposta de minuta do decreto, agora é continuar dialogando para alterar os itens que não contemplam os servidores," destacou Guedes. "A proposta de minuta de decreto apresentada pela Administração é fruto do processo de mobilização dos servidores organizados pelo Sindiserve. Vamos continuar organizados para conseguimos as alterações que almejamos no decreto," avaliou Renata Oliveira, diretora do Sindiserve.

A reunião contou a presença de trabalhadores de diversos cargos da Saúde, como agentes comunitários, técnicos de enfermagem, técnicos de saúde bucal, atendentes de saúde, entre outros.

Reunião com secretário de Saúde

Na tarde do mesmo dia, a direção do Sindiserve se reuniu com o secretário de Saúde, Terino Lima, para apresentar as propostas dos servidores de alteração do decreto. As propostas versam sobre os critérios de avaliação de desempenho e visam que o pagamento das parcelas de 2019 seja realizada ainda no mês de maio.

Terino Lima avaliou que os artigos sobre os critérios de avaliação que constam no decreto precisam ser alterados e se comprometeu em dialogar com prefeito e apresentar o pleito da categoria.

Com relação ao pagamento das parcelas referente ao ano de 2019, ele disse que está dialogando com o prefeito e o secretário de Finanças na tentativa de começar a pagar no mês de maio. Ficou o compromisso de, em breve, o secretário dar um retorno à direção do sindicato sobre os pleitos apresentados.

Por Débora Melo

Foto assessoria

  • Medium a88ec37571160bc815235bdefecd6e86