siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Moita Bonita ganha título de Capital da Batata-doce

17 de Maio de 2018, 06:58

 

Propositura, de autoria da deputada Maria Mendonça, segue para sanção governamental

Por uma sugestão da deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), a Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (16), o Projeto de Lei Complementar 05/2018, conferindo ao município de Moita Bonita, no Agreste de Sergipe, o título de Capital da Batata Doce. O PLC, agora, segue para sanção governamental. “A cidade tem uma significativa produção anual de 50 mil toneladas da raiz, o que credencia Moita Bonita a ser agraciada com esse reconhecimento”, destacou a parlamentar.

O cultivo da batata doce nem sempre foi a principal fonte de renda da população moita-bonitense, contudo, Maria ressaltou que nos últimos anos muitos produtores de mandioca decidiram cultivar a raiz. “O município já tem cerca de 900 hectares de plantação de batata doce em pequenas propriedades, o que corresponde a 70% da renda proveniente da agricultura familiar”, disse Maria Mendonça, pontuando que a cidade alcança, atualmente, uma das maiores médias de produtividade do país.

Para a deputada, reconhecê-la como Capital da Batata Doce será um importante passo para o fortalecimento da Cooperativa de Produtores da Agricultura Familiar e Solidária de Moita Bonita, criada em 2017. “Já existem 75 cooperados e em qualquer época do ano tem caminhão sendo abastecido com carregamentos que são exportados para todo Nordeste e, também, para Estados do Sudeste como, o Rio de Janeiro e São Paulo, por exemplo”, explicou Mendonça, acrescentando que o beneficiamento do tubérculo tem baixo custo, ciclo rápido e fácil comercialização.

Fonte e foto assessoria