Parque dos Falcões passa a ser monitorado por câmeras

20 de Janeiro de 2018, 10:17

O público que frequenta o Parque dos Falcões, situado no Povoado Rio das Pedras, zona rural do município de Itabaiana, passa a contar com mais uma ferramenta de segurança. A partir desta semana, a Polícia Militar, por meio do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), passa a monitorar em tempo real imagens geradas por câmeras distribuídas na localidade turística.

A partir da instalação de 18 câmeras, cedidas por um empresário local, o dia a dia do Parque passou a ser acompanhado durante 24 horas pelos policiais lotados no Centro de Operações Policiais Militares do 3º BPM (Copom/3º BPM), em Itabaiana, que, a qualquer movimentação suspeita na área, estão a postos para o acionamento da viatura mais próxima.

“Em razão de episódios ocorridos no Parque dos Falcões nós intensificamos o policiamento na região. A ferramenta de monitoramento trás um acréscimo na possibilidade de policiamento, porque, a partir de agora, nós podemos monitorar o parque diuturnamente, em tempo real. Então, a qualquer anormalidade na região, ao ser detectada no monitoramento, é acionada a viatura mais próxima, que se desloca para checar”, frisou o major Sidney, comandante do 3º BPM.

Parque dos Falcões

Já conhecido por muitos turistas, estudantes, biólogos, e pesquisadores brasileiros e estrangeiros, o Instituto é um dos poucos locais do país com autorização do Ibama para a criação de aves em cativeiro. Com o objetivo de proteger as espécies de aves de rapina que habitam o céu brasileiro, o Parque dos Falcões tornou-se uma referência mundial no manejo, reprodução e reabilitação desses animais, acumulando um grande conhecimento sobre o seu comportamento.

SSP

Foto assessoria