siga nossas
redes sociais:

PMP decide prorrogar o prazo para pagamento de IPTU, mas valor continua inconstitucional

15 de Abril de 2020, 15:50

 

Recentemente, o pré-candidato a prefeito de Propriá, Márcio Dória (PT), levantou a bandeira em defesa dos cidadãos e encabeçou uma campanha nas redes sociais para que a Prefeitura do município prorrogasse o prazo para pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU).

 

"Estamos diante de uma crise econômica que está causando impacto a diversos níveis, e a sociedade Propriaense sente fortemente os danos gerados.", disse Márcio Dória.

 

A vitória da população veio logo após a repercussão do questionamento na internet, onde a gestão se sentiu pressionada e decidiu acatar a solicitação, também pleiteada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Mesmo com o prazo prorrogado, o pré-candidato Márcio Dória (PT) alerta que os valores estabelecidos são totalmente ilegais, advindos de uma lei inconstitucional.

 

"A atitude da Prefeitura em adiar a cobrança do IPTU é correta, mas deveria fazer muito mais, ir além e rever os valores cobrados. Não é admissível em um momento tão difícil os Propriaenses ainda terem que arcar com o pagamento de um valor inconstitucional. 

 

Por esta razão, Márcio Dória dará início a outra campanha que terá como objetivo fazer com que a Prefeitura de Propriá reverta o valor inconstitucional do IPTU.

 

Por Assessoria de Comunicação

 

Márcio Dória/ Pré-candidato a prefeito de Propriá