siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Resultados de auditoria conjunta são apresentados em Encontro Nacional

03 de Outubro de 2018, 06:43

O procurador-geral do Ministério Público Especial de Contas e coordenador interino do Fórum de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE), João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello, apresentou o case bem sucedido da auditoria conjunta coordenada pelo Focco na área de Oncologia no Hospital Cirurgia e no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), durante o IV Encontro Nacional da Rede de Controle da Gestão Pública, ocorrido nos dias 27 e 28 de setembro, em Porto Alegre.

Durante o evento, houve painéis, palestras e atividades voltadas à discussão de medidas para controle interno mais efetivo, combate à corrupção e02.jpg fomento ao controle social. No segundo dia, alguns estados apresentaram cases de atuação das respectivas Redes. Sobre Sergipe, o procurador-geral João Augusto Bandeira falou da atuação do Focco na questão oncológica e os resultados obtidos, sobretudo, nas questões de radioterapia, quimioterapia e cirurgia oncológica.

“Estamos colhendo frutos, como a cautelar do Tribunal de Contas do Estado e a cautelar do Tribunal de Contas da União, além das ações judiciais do Ministério Público do Estado”, ressalta Bandeira de Mello, acrescentando que os problemas na área da radioterapia estão, praticamente, equacionados, no setor da quimioterapia estão melhorando, na questão das cirurgias oncológicas estão mais precários.  

Rede Nacional

Na reunião plenária, foi criado um grupo com 17 representantes das Redes que estavam no evento, um de cada Estado, para reunir sugestões e elaborar o Regimento Interno da Rede Nacional, até a segunda quinzena de outubro. As redes dos outros estados que não estavam com representantes serão procuradas para também aderir ao grupo de trabalho. “A ideia é que cada uma destas redes formem um colegiado para que se possam interligar nacionalmente para poder haver ações coordenadas, ter um trânsito mais fácil de informações e replicar experiências positivas”, explica o coordenador interino do Focco/SE.

A perspectiva é que no Dia Internacional de Combate à Corrupção, 9 de dezembro, seja lançada oficialmente a Rede Nacional de Combate à Corrupção e Controle da Gestão Pública.

Fonte e foto assessoria

  • Medium 4281bf27ad4d326f04c8aaa2c6025da1