“A Engenharia sempre foi propulsora do desenvolvimento”, diz especialista

17 de Novembro de 2020, 13:44

Por Raquel Passos

Com o tema “Transformação digital no ensino das engenharias” o 4º Congresso de Inovação e Tecnologia em Engenharia – Citeng – deu início à sua programação na tarde desta segunda-feira, 16, e segue até o próximo dia 20 de forma virtualizada, transmitido pelo canal do Youtube da Unit.

O mundo gira em torno da tecnologia desde que ‘o mundo é mundo’. Para o  professor Flávio Bortolozzi, as mudanças ocorrem para proporcionar desenvolvimento e nesse movimento as Engenharias estão envolvidas.

“A reflexão que quero deixar é para entender para onde o mundo está caminhando de forma natural. No século XVIII, entrávamos na sociedade industrial, nos anos 80 chegamos na sociedade da informação e o que leva a humanidade a estes saltos são as tecnologias. Se formos observar, de forma mais pontual, em todas elas, a Engenharia sempre foi mola propulsora do desenvolvimento”, acredita o professor doutor em Engenharia de Sistemas Informática pela Universidade de Tecnologia de Compiègne, França.

Para o coordenador de cursos da Engenharia da Unit, professor Cláudio Oliveira, os principais empregadores na área de tecnologia e inovação são empresas que financiam a ciência. “Ou que apoiam o desenvolvimento de inovações tecnológicas ou aquelas que captam os recém-formados para atuarem em suas linhas de ação”, explica.

A proposta do 4º Citeng é integrar empresas e alunos de Engenharia, criar um fórum de discussão de novas tecnologias e ampliar o networking entre os futuros profissionais. A primeira mesa redonda tratou sobre oportunidades acadêmicas e profissionais na área de Engenharia – como: iniciação científica, mestrado, doutorado, pós-graduação Lato Sensu, extensão, empregabilidade (com Unit Carreiras) e programas acadêmicos da instituição como o da Mentoria.

A abertura do 4º Cinteg contou ainda com apresentação cultural intimista e inspiradora da banda Água de Cacimba tratada com energia solar, interpretando o Som das Brenhas pelo grupo composto por membros do Instituto de Tecnologia e Pesquisa e professores da Unit.

Para o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Tiradentes, professor Saumíneo Nascimento, o Citeng é um momento de troca de experiência essencial para que os alunos sejam incentivados à pesquisa para desenvolver inovações em benefício da humanidade.

“Um evento como o Citeng destaca a importância das Engenharias nas nossas vidas. Afinal, tudo o que fazemos no cotidiano se deve à essa área tão fundamental para a qualidade de vida. Proporcionar discussões que envolvem questões ambientais e tecnológicas é algo promissor e deve ser debatido como os cursos de Engenharias da Unit têm feito, desempenhado esse papel importante desde a graduação até o doutorado”, considera Saumíneo.

A coordenadora de cursos das Engenharias Elayne Emília revela que a realização do Citeng é motivo de alegria. “É um evento contínuo, decorrente da Semana de Engenharia e Tecnologia e a antiga Semana de Engenharia e curso de Segurança ao Trabalho e fomos aprimorando até chegarmos nesse nível de Congresso. Nossa maior alegria é ver nossos egressos que participam das oficinas, mesas redondas e palestras tornando nossa programação tão brilhante”, conta.

Para acompanhar a programação completa, acesse www.unit.br/eventos.