Hospital de Estância registra 1.648 atendimentos em 2011

02 de Janeiro de 2012, 06:08

Segundo a superintendente do hospital, Patrícia Falcão, a previsão é de que outros profissionais da saúde ainda sejam contratados para o atendimento básico de urgência e emergência.

O Hospital Regional de Estância ´Dr. Jessé de Andrade Fontes´ registrou quase 1.700 atendimentos de média complexidade entre os dias 12 e 31 de dezembro de 2011, se tornando referência para os sergipanos e demais pacientes encaminhados para o pronto-socorro da unidade de saúde. O hospital foi inaugurado no dia 24 de novembro pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pelo governador Marcelo Déda, e funciona sob a gerência da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS).

O investimento orçado em quase R$16 milhões tem disponibilizado serviços ambulatoriais, pediátricos, clínicos, cirúrgicos e ortopédicos a adultos, crianças e idosos, que num futuro bem próximo deverão ser representados em média por 5,5 mil pessoas por mês. Toda a infraestrutura compreende 107 leitos de internamento, dos quais 20 para pacientes infantis e 48 para adultos, bloco cirúrgico composto por três salas, sendo uma de parto, outra de pré-parto com dois leitos e uma Sala de Recuperação Pós-Anestésico (SRPA) com quatro leitos.

Segundo a superintendente do hospital, Patrícia Falcão, a previsão é de que outros profissionais da saúde ainda sejam contratados para o atendimento básico de urgência e emergência. “Grande parte dos profissionais anseiam pelo período de férias entre os meses de dezembro e janeiro. Isso nos impulsionou a realizar substituições na escala médica, a fim de garantir o funcionamento básico no hospital”, justificou Patrícia.

Etapas

O processo que consiste na consolidação dos fluxos por etapa prevê, no Hospital Regional de Estância, a ativação da ala de internamento no corrente mês, e em seguida, o bloco cirúrgico que engloba o Centro Cirúrgico, a Enfermaria Cirúrgica e o Centro Obstétrico, além da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Tais recursos estão sendo assegurados à população de Estância e de municípios circunvizinhos, mediante a implementação da Reforma Sanitária e Gerencial do Sistema Único de Saúde (SUS) em Sergipe.

“A nova unidade de saúde que tem a marca do Governo de Sergipe foi construída em tempo oportuno e tende a satisfazer as necessidades imediatas dos que anseiam por um serviço público qualidade. Temos no hospital os itens necessários ao atendimento pleno das demandas, considerando a necessidade de uma reorganização constante da escala médica, uma vez que estamos em fase inicial de prestação de serviços”, ressaltou a coordenadora assistencial do Hospital Regional de Estância, Cláudia Miranda.

A busca pela qualificação dos serviços oferecidos no novo hospital regional perpassa pela padronização do atendimento oferecido em todas as unidades de saúde gerenciadas pela FHS. “O ano de 2012 será dedicado a qualidade da assistência. Entre as metas a serem alcançadas pelos profissionais que atuam no Hospital Regional de Estância estão, além da resolutividade dos casos, a formação de um Núcleo de Educação Permanente para o constante aperfeiçoamento técnico de pessoal e a montagem de um colegiado gestor, a fim de estreitar as relações entre as equipes, a superintendência e as coordenações”, destaca Patrícia Falcão.