Processo de readequação das feiras livres chega ao Bugio

26 de Novembro de 2020, 14:21

No próximo sábado, 28, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) estará informando aos comerciantes da feira livre do Bugio sobre a readequação do espaço, localizado na região Norte da capital sergipana. A ação integra o processo gradativo de reorganização desses centros de compras, iniciado em 10 de março, e visa a instalação de 110 balcões frigoríficos no local, destinados à acomodação de itens como carnes, pescados e laticínios. 

Segundo a Emsurb, igualmente as demais feiras já padronizadas, o novo formato oferece medidas que asseguram condições adequadas ao comércio de produtos com origem animal. Assim, a partir de 6 de dezembro, quando está previsto a abertura com os novos equipamentos, a feira do Bugio funcionará, também, com mesas apropriadas ao corte e manipulação de carnes, peixes e aves, integradas às 310 bancas já existentes no espaço.  

Ainda de acordo com a empresa municipal, em conformidade com os órgãos de Saúde, as medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus, como a obrigatoriedade do uso de máscara e a oferta de álcool em gel, continuarão em vigência.

Até o momento, já foram readequadas as feiras livres dos bairros 13 de Julho (Batistão), São José, Santos Dumont, Jabotiana, Suíssa, Aruana (Costa Nova), Santo Antônio, 18 do Forte, Grageru, Cirurgia, São Carlos, Coqueiral e América; dos conjuntos Dom Pedro, Orlando Dantas, Castelo Branco, Santa Tereza, Médici, Sol Nascente e do Jardim Esperança. 

Antecipação das feiras livres

Em virtude do segundo turno das eleições municipais, que ocorre no próximo domingo, 29, a Emsurb antecipa para um dia antes, em caráter excepcional, as feiras que acontecem às sextas (Suíssa, Aruana Castelo Branco, Médici, Sol Nascente e Agamenon Magalhães); sábados (Grageru, Cirurgia, Santo Antônio, 18 do Forte, São Carlos e do Conjunto Santa Tereza)  e domingos (Jardim Esperança, Santa Maria, América, Bugio e Coqueiral).