Criança de 12 anos é estuprada e assassinada com requinte de crueldade

04 de Janeiro de 2018, 06:37

Um crime bárbaro chocou os moradores do município de Campo do Brito

Uma menina de apenas 12 anos estava desaparecida desde o dia 1º, quando segundo o pai, ela teria saído de casa e ido para a residência de um "pai de santo" e não retornou mais.

Edenilza Silva Andrade, 12 anos, se encontrava na residência da mãe no povoado Garamgau, em Campo do Brito, quando desapareceu. A menina que morava com a avó, estava passando as férias e depois retornaria.

O pai da menina conta que a polícia conseguiu localizar o corpo em um local de mata fechada e segundo ele, o rosto da criança estava totalmente deformado, com muitas marcas pelo corpo e com a calcinha na boca. A polícia encontrou um dos chinelos da criança e logo em seguida chegou ao corpo, devido ao mau cheiro.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) com causa da morte a esclarecer.

A polícia já iniciou as investigações mas até o momento ninguém foi preso.

Munir Darrage