siga nossas
redes sociais:

George Magalhães é condenado a mais de 9 anos de prisão por estupro

24 de Março de 2020, 13:10

 

A Justiça sergipana condenou em primeira instância, nesta terça-feira (24) o radialista George Magalhães a uma pena de nove anos e seis meses de prisão em regime fechado,  pelo crime de estupro.

As acusações contra George, surgiram no ano de 2018, quando o radialista chegou a ficar preso entre os dias 13 de setembro a 8 de novembro daquele ano.

O crime teria ocorrido dentro da residência do próprio radialista em um condomínio de luxo localizado à beira mar, na Praia de Atalaia, em Aracaju.

A defesa de George Magalhães informou que irá recorrer assim que possível, pois os prazos processuais estão suspensos em virtude das medidas de contenção do novo coronavírus.

O processo corre em sigilo.