Homem preso três vezes seguidas por furtos tem prisão preventiva decretada no interior

22 de Agosto de 2021, 06:50

A prisão em flagrante de um homem de 35 anos, realizada na última quinta-feira por policiais civis da Delegacia de Lagarto, foi convertida em prisão preventiva em audiência de custódia. Foi a terceira vez que o homem foi preso em um curto espaço de tempo. Nas outras oportunidades, ele foi liberado e cumpria medidas alternativas impostas pelo Poder Judiciário.

Segundo as informações, ele é investigado por diversos furtos em lojas do comércio de Lagarto. Ao menos, são seis procedimenos para investigar os crimes de furto praticados pelo autor. Em um deles, o homem invadiu a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) onde também substraiu objetos.

De acordo com informações das 1ª e 2ª divisões da Delegacia Regional de Lagarto, responsáveis pela prisão, a último crime praticado pelo suspeito ocorreu na madrugada Da quinta-feira e teve como alvo uma loja de roupas. Nesta ação, o autor furtou aparelhos domésticos, uma TV e peças de vestuário.

O delegado Alisson Lial explicou que, além da elucidação dos diversos crimes de furto, foram realizadas outras diligências, a fim de esclarecer quem seriam os responsáveis pela aquisição destes produtos de origem criminosa.

O delegado Matheus Cardillo explicou que, com a conclusão de dois procedimentos, ficou definido o indiciamento pelo crime de receptação: um na modalidade simples; outro, na qualificada, em decorrência do exercício de atividade comercial.

Diante dos sucessivos crimes, que tiveram como alvos lojas e a Emdagro, a delegacia representou por sua prisão preventiva, confirmada nesta sexta-feira. O investigado agora permanece preso e à disposição da Justiça.

Fonte e foto SSP