siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

PC prende autores de três homicídios ocorridos no período eleitoral

08 de Novembro de 2018, 09:06

As prisões ocorreram em cumprimento a mandados de prisão

Equipes da Delegacia Regional de Itabaiana prenderam Fabrício de Souza Reis e Everton dos Santos, conhecido como “Churru”, acusados da prática de três homicídios, cometidos na véspera e no dia da votação do primeiro turno das eleições. As prisões ocorreram nesta quarta-feira, 7, em cumprimento a mandados de prisão.

De acordo com o delegado Tarcísio Tenório, responsável pela Divisão de Homicídios de Itabaiana, Fabrício foi indiciado pelo homicídio de Júnior Batista, conhecido como “Júnior da Verdura”, morto a tiros na véspera da eleição, em frente a um bar no bairro Eucalipto, no município de Itabaiana. O acusado confessou a autoria do crime e alegou que estava recebendo ameaças e provocações por parte da vítima, com quem teria tido um desentendimento.

Everton dos Santos foi indiciado e preso pelo duplo homicídio cometido no dia do primeiro turno das eleições. O crime vitimou Cristiano de Jesus Lima, conhecido como “Fofo”, e Davison Almeida, ambos atingidos por disparos de arma de fogo, no bairro Campo Grande, no mesmo município. Segundo as investigações, a motivação teria sido uma disputa pelo comércio do tráfico de drogas na região.

Ainda contra Everton, constava um mandado de prisão pelo crime de roubo, praticado em 27 de setembro. Na ação, o acusado roubou uma comerciante que seguia para uma agência bancária, subtraindo da vítima dinheiro, celular e joias. O delegado Elder Sanches, responsável pelas investigações de crimes patrimoniais na cidade, informou que outros envolvidos nos mesmos crimes também estão sendo investigados.

O delegado Regional de Itabaiana, Hilton Duarte, destaca que a elucidação dos casos se deve ao trabalho e integração das equipes de local de crime de Itabaiana em apoio às equipes das divisões da Regional. “Já na véspera e dia da votação, os policiais da equipe de local de crime fizeram um eficiente trabalho de levantamento, que permitiu a identificação dos suspeitos no curso das investigações. Essa agilidade é fundamental para o desfecho positivo do caso”, concluiu.

Fonte e foto SSP

  • Medium 421ba02cb07aa5322ee21a310ece40b8