PM prende suspeitas de envolvimento em sequestro de motorista de aplicativo

24 de Agosto de 2020, 11:04

Na noite do último sábado, 22, o 5º Batalhão de Polícia Militar socorreu um motorista de aplicativo, vítima de sequestro, e recuperou o veículo dele, roubado no município de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju.

No conjunto João Alves, um condutor de veículo de aplicativo foi solicitado para uma viagem à cidade de Divina Pastora. Os três passageiros estavam armados com arma de fogo e anunciaram o sequestro. Em seguida, tiraram o motorista da direção, colocaram ele no interior veículo e seguiram para a cidade de Estância, onde pretendiam assassinar um desafeto.

Como não obtiveram êxito, retornaram para o conjunto João Alves, onde deixaram um dos indivíduos. Em seguida, na altura da Rodovia das Indústrias, em Socorro, liberaram a vítima, e seguiram em direção à BR-101. O motorista foi encontrado pelas equipes da Força Tática do 5° Batalhão da Polícia Militar (5° BPM), e imediatamente os policiais seguiram à cidade de Divina Pastora, para onde os indivíduos comentaram que seguiriam.

Durante as rondas, no trajeto os policiais avistaram o veículo roubado e deram ordem de parada. Nesse momento, os indivíduos atiraram contra a guarnição e na sequência, mesmo com o carro em deslocamento, saltaram do carro e seguiram em fuga por um terreno baldio. Os policiais iniciaram as buscas e localizaram os dois indivíduos escondidos no interior de um quintal, onde os mesmos, no intuito de fugir, dispararam novamente contra a guarnição, que imediatamente realizou o revide.

Um dos envolvidos, conhecido por "Lucas", foi alvejado e socorrido, sendo encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), mas infelizmente não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito. O outro envolvido, conhecido por "Deivison", conseguiu fugir. No interior do veículo haviam duas mulheres, que a princípio se passaram por vítimas, mas logo em seguida confessaram que eram amigas dos indivíduos. Diante dos fatos narrados, todos os envolvidos foram conduzidos à Delegacia Plantonista para serem tomadas as medidas cabíveis.

SSP