siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

"A crise que Sergipe atravessa é falta de gestão", diz Alessandro Vieira

09 de Janeiro de 2018, 09:17

O delegado Alessandro Vieira concedeu entrevista na Ilha FM para o radialista Carlos Ferreira nessa terça-feira (09), relatando as ações do MOVA-SE na busca de transparência na Administração Pública e sua avaliação sobre a crise que o Estado de Sergipe atravessa.

Segundo ele, o MOVA-SE teve conhecimento do aditivo no contrato da SES e irá solicitar informações e após uma análise fará um direcionamento.

Também relatou sobre a ação contra a Câmara de Vereadores de Nossa Senhora do Socorro por falta de transparência que está tramitando no Ministério Público. Ainda lembra que há muitas ações que caminham na justiça e o movimento aguarda as conclusões.

Ele  afirma que é sua obrigação esclarecer para a população quais são as verdadeiras alternativas para que haja uma renovação na classe política e fez um chamado para que todo cidadão que não esteja com rabo preso possa participar, se não for como pré-candidato, mas como cidadão ativo divulgando as informações corretas para tenha a sociedade tenha conhecimento e assim fazer um melhor julgamento nas urnas.

Vieira alega que a crise ao qual o Estado de Sergipe atravessa é por falta de gestão causada pela classe política que se alterna no poder há décadas e o governador Jackson Barreto está incluso, pois governou Sergipe por quase 08 anos e em nada melhorou ao contrário vai deixar o Sergipe em condições piores. Um exemplo que mostra isso os cerca de 150 policias civis que estão formados aguardando somente a nomeação e não são contratados por falta de vontade política, pois a justificativa de que não há dinheiro não é válida dado que para contratação de cargos comissionados há dinheiro, onde nesses últimos dias foram renomeados mais de 100 cargos comissionados.

Alessandro diz que Dr. Emerson é pré-candidato ao governo de Sergipe e é o melhor nome, porque pode olhar no olho do cidadão e não necessita mentir ou se esconder atrás do marketing.

Há um movimento em todo o Brasil por renovação da classe política e um destes movimentos é o Renova BR, onde foram selecionados 100 cidadãos no universo de 4000 e em Sergipe foram 4 selecionados, o próprio Alessandro Vieira e o Coronel Rocha da REDE e Saulo Vieira e Milton Andrade do LIVRES.

Por último, Alessandro Vieira afirmou que na sua vida a palavra desistir não há e que irá para o enfrentamento sim, pois se faz necessário.

Por Uilliam Pinheiro