siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Ana Lúcia: "se Eliane serve para vice, porque não ser ela a candidata?"

13 de Junho de 2018, 08:03

A deputada estadual Ana Lúcia Menezes, que faz parte do grupo de Articulação de Esquerda do Partido dos Trabalhadores (PT) em Sergipe, voltou a defender uma candidatura própria do partido para as eleições deste ano.

Na manhã desta quarta-feira (13), Ana Lúcia afirmou em entrevista aos radialistas Magna Santana e George Magalhães, no jornal da FAN, que o PT, através da Articulação de Esquerda defende a candidatura de Rubens Marques de Souza, o Professor Dudu, ao governo do estado  e professor Joel Almeida, ao senado.

Ainda durante a entrevista, a deputada questionou o porque o convite para a ex-primeira dama e vice-prefeita de Aracaju, Eliane Aquino (PT), ser a pré-candidata a vice-governadora na chapa de Belivaldo Chagas (PSD). Ana Lúcia disse que Eliane deve fortalecer o Partido dos Trabalhadores e se o nome dela serve para ser vice, porque não ser ela (Eliane) a cabeça de chapa.

Ana Lúcia afirmou que "a Articulação de esquerda não vai se aliar aos golpistas ou àqueles que estão ligados aos golpistas. Ela precisa fortalecer o nosso partido e nenhum liderança do PT pode desvincular para fortalecer outra agremiação", explicou.

Para a deputada, o convite para que Eliane seja vice, "é uma posição machista. Se ela é boa para ser vice, então ela também é para ser a candidata. Isso mostra que querem secundarizar o PT", afirmou.

Munir Darrage

  • Medium a92d0a21ef8bdcebb4a81f6b4f3b6106