siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

“Aracajuanos esperam relatório técnico da CPI do lixo”, diz Aribé

11 de Julho de 2018, 07:08

O vereador Lucas Aribé (PSB) voltou a lamentar o uso político da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Lixo, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Diante da decisão de encerrar as investigações, o parlamentar considerou ser “no mínimo estranho, interromper os trabalhos justamente semanas após o Pleno do Tribunal de Justiça negar o pedido de anulação da CPI”.

Para Lucas Aribé, a postura da maioria dos membros da Comissão ratifica o desinteresse em esclarecer fatos que ainda estão obscuros a respeito das contrações feitas pela administração municipal com o dinheiro público para o serviço de limpeza na capital nos últimos seis anos. “O povo merece uma resposta coerente porque estamos falando de verbas oriundas dos impostos pagos pelos cidadãos aracajuanos, mas infelizmente, ao que parece, os aliados do prefeito insistem em atender apenas ao que for conveniente para o Executivo”, critica o vereador.

Com previsão de apresentação do relatório final para o dia 24 de julho, Lucas disse esperar que os seus pares não ignorem toda a prova documental coletada pela Polícia Civil no bojo do inquérito conduzido pelo Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap). “Os indícios de irregularidades nos contratos do Lixo foram comprovados de maneira técnica e o que a população de Aracaju quer é que o parecer da Comissão também seja embasado em fatos e documentos”, afirma Aribé, ressaltando a necessidade de que “cada cidadão acompanhe atentamente os desdobramentos da CPI”. 

Fonte e foto assessoria