siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Deputado Samuel defende a convocação de agentes aprovados em concurso

14 de Maio de 2019, 11:12

Após a decisão do Procurador de Justiça Dr. Luiz Alberto Moura Araújo, manifestou-se contra os recursos apresentados pelo Estado de Sergipe, que tenta manter a terceirização no sistema prisional, foi a vez do deputado e presidente da Comissão de Segurança Alese, capitão Samuel Alves Barreto, se posicionar contra a terceirização.

Capitão Samuel usou as redes sociais para comparar a terceirização em Sergipe como o estado da Bahia. O parlamentar defende que todos os aprovados no concurso de agentes prisionais sejam convocados, já que segundo ele, as despesas diminuíram em cerca de 40%.

Samuel diz que “há um presídio novo que está terminando de ser construído e se não convocar os aprovados, vai se tornar mais caro tudo que vai ser feito nesse presídio de novo. O momento do estado reagir e não fazer isso é agora, porque tem o concurso público, os aprovados e é só chamar e colocar para funcionar o presídio novo e não terceirizar mais um presídio”, explicou.

O parlamentar diz ainda que “o Ministério Público sabe dessa situação da terceirização, sabe da importância de ter servidores concursados e por isso se posicionou dessa forma”, disse Samuel.

  • Medium 3c179bd48141edc685519ec0b9dcd6e8