Deputado solicita ao Governo construção de escola no Conjunto Albano Franco

12 de Janeiro de 2021, 12:05

Através das suas redes sociais, o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) tem aberto espaço para que a população possa participar ativamente do seu mandato. Com o slogan, ‘Somos todos deputados’, o parlamentar ouve as principais sugestões e ideias de projetos e indicações, avalia qual pode de fato se tornar lei e juntamente com sua assessoria, apresenta na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Após pedido nas redes sociais em dezembro de 2020, o parlamentar solicitou ao Governo a construção de uma escola no Conjunto Albano Franco, em Nossa Senhora do Socorro.

A seguidora Nataniele Santos relatou nas redes sociais que onde mora não tem escola estadual que oferte o ensino médio. “Moro no Conjunto Albano Franco, mas a única escola que ofertava o ensino médio não oferta mais, agora quem mora aqui precisa ir até o Marcos Freire I para poder estudar. Não temos transporte para ir, e muitas das vezes, não temos dinheiro para pagar o ônibus, para ir andando é muito longe. O meu pedido é que possa solicitar ao Governo que inclua o ensino médio em alguma escola aqui no Conjunto Albano Franco, desde já agradeço”, relatou a seguidora através das redes sociais.

Após a solicitação, o deputado Dr. Samuel apresentou na Alese a indicação de nº 586/2020, votada e aprovada na última sessão de 2020, que pede ao governador Belivaldo Chagas, através da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (SEDUC), para verificar a possibilidade de construção de uma escola de Ensino Médio na região dos Conjuntos Marcos Feire e Albano Franco em Nossa Senhora do Socorro, para atender estudantes que moram nessa região ou a ampliação da Escola Estadual Professora Maria Hermínia Caldas para oferecer este nível de ensino.

Agora cabe ao Governo executar ou não a solicitação. “Esperamos que Belivaldo Chagas avalie com muito carinho esse pedido, pois entendo que realmente é bem complicado se deslocar para muito longe sem ter transporte ou até mesmo sem ter dinheiro para pegar o transporte público. Essa é uma realidade de vários alunos, não somente da Nataniele. Ficamos no aguardo com muita expectativa para que o Ensino Médio seja implantado na Escola Estadual Professora Maria Hermínia Caldas”, pontuou Dr. Samuel Carvalho.

Por Assessoria