Empresas sergipanas apoiam campanha Solidarize-SE

20 de Novembro de 2020, 06:40

A pandemia pela disseminação do novo coronavírus está presente no Brasil e em Sergipe há pelo menos oito meses e, ao longo desse tempo, infelizmente, milhares de famílias deixaram de ter o seu sustento e aquelas que já viviam em vulnerabilidade social passaram a experimentar uma situação ainda mais difícil. Neste cenário, foi criada a campanha Solidarize-SE, uma iniciativa da Vice-Governadoria em parceria com a Secretaria de Estado da Inclusão e da Assistência Social (Seias) e com o apoio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), que distribui alimentos arrecadados, através de parcerias com empresas sergipanas, para a população que mais precisa.

Com o objetivo de fazer uma prestação de contas dos alimentos e recursos obtidos para as ações da Solidarize-SE às empresas parceiras, a vice-governadora Eliane Aquino esteve reunida nos últimos dias 18 e 19 de novembro, quarta e quinta-feira, com representantes do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor (Sincadise), do Grupo Fasouto e Maratá.

Durante os encontros, a vice-governadora, que entregou relatórios com dados atualizados acerca das distribuições de alimentos, evidenciou a importância das parcerias entre o poder público e as empresas sergipanas. “Nós procuramos as empresas que notadamente já têm um histórico de reponsabilidade social e fomos atendidos prontamente por todas elas. Em um momento de pandemia como o que ainda estamos vivendo, as necessidades e os abismos sociais são ainda mais profundos, então cabe a todas as pessoas têm condições essa consiência solidária. Quero fazer um agradecimento muito especial a todos que fazem o Grupo Fasouto, Maratá e Sincadise por acreditarem no nosso projeto e, principalmente, por se propor a oferecer esse suporte às pessoas que mais precisam”, reconheceu Eliane Aquino.

Até agora, foram entregues 72.198 kg de alimentos a famílias que estão abaixo da linha da pobreza e da extrema pobreza. Os kits com gêneros alimentícios foram distribuídos durante ações da Seias nos terreiros, bairros periféricos do estado de Sergipe e em remanescentes quilombolas, que também contaram com a presença da Universidade Federal de Sergipe (UFS), através da Força-tarefa Covid-19, na realização de testes para detecção do SARS-CoV-2 em fase ativa ou através de anticorpos.

Para o diretor-presidente do Grupo Maratá, José Augusto Vieira, ações solidárias são sempre muito bem-vindas na empresa. “Para nós é um grande contentamento poder contribuir com a população sergipana dessa forma, ainda mais em um momento tão delicado para todos. O Grupo Maratá já possui a cultura de boas práticas na área de responsabilidade social, então quando a vice-governadora nos fez essa solicitação, nós de pronto nos colocamos à disposição e também estamos disponíveis para auxiliar em momentos futuros”, assegurou o empresário.

A campanha Solidarize-SE continua acontecendo. Para contribuir, tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem acessar o site https://www.inclusao.se.gov.br/solidarize-se/. Durante o mês de dezembro, também, serão arrecadados brinquedos para serem distribuídos entre famílias em situação de vulnerabilidade social no estado de Sergipe.

ASN

Foto: Danillo França