siga nossas
redes sociais:
FacebookTwitter

Ex-secretário diz no MP que CCs recebiam sem trabalhar

13 de Março de 2018, 13:52

O GAECO ajuizou, no final da manhã desta segunda-feira (12), no âmbito da Operação Caça-Fantasmas, a primeira denúncia envolvendo servidores públicos que não trabalhavam no âmbito da SEAPRI - Secretaria de Articulação Política do município de Aracaju, criada no governo municipal de João Alves Filho e atualmente extinta.

O processo vai tramitar na 2 Vara Criminal de Aracaju (201822100185) e foi ajuizado contra 5 ex-servidores, além de o ex-Prefeito, a ex-Secretária de Governo Marlene Calumby e o ex-Secretário da pasta, Juvêncio Oliveira, atualmente Vereador. As declarações prestadas por Juvêncio Olivera, assim como dos ex-servidores denunciados, foram liberadas pelo MPSE à imprensa e demonstram que, em relação a alguns servidores, o próprio ex-Secretário reconhece que havia servidores na folha de pagamento da Secretaria que nunca foram trabalhar.

Esta foi a primeira de outras denúncias que ainda serão ajuizadas em razão da existência de “fantasmas” na antiga SEAPRI.

MPE/SE