siga nossas
redes sociais:

Lei das Queijarias é tema de palestra de Zezinho no Alto Sertão nesta quinta

13 de Novembro de 2019, 15:50

O deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) será um dos palestrantes do Seminário de Leite e Derivados do Alto Sertão Sergipano, em Nossa Senhora da Glória. Organizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Sergipe (Senar/SE), o evento acontece nesta quinta-feira, dia 14, na arena do Parque de Exposições, às 9h30. O parlamentar levará o tema 'Legislação Estadual para queijaria artesanal' para discussão e conversará com os produtores, queijeiros e aqueles que desejam ingressar no mercado, sobre a importância da Lei das Queijarias para o fortalecimento do setor.

“Nossa Senhora da Glória é a capital nordestina do leite. Sergipe possui um queijo de alta qualidade e diferenciado. A Lei das Queijarias é um grande marco de proteção do queijo artesanal sergipano. A partir dela, o queijo sergipano alcança todo o Brasil e é possível regulamentar a fiscalização da produção de queijos artesanais, permitindo a ampliação da oferta e a comercialização fora de Sergipe, obedecendo todas as regras, fortalecendo o mercado, incentivando a produção e agregando renda aos pequenos produtores”, explica Zezinho Sobral.

Durante o Seminário, será lançado pelo Sistema Faese/Senar o programa de Assistência Técnica e Gerencial para a Agroindústria Artesanal de Laticínios. A iniciativa visa fomentar o empreendedorismo, implantar técnicas de boas práticas de produção, comercialização e inovação, fortalecendo a atividade e agregando valor aos produtos. A assistência técnica tem duração de dois anos com consultorias mensais.

“O programa beneficiará inicialmente 60 produtores no Alto Sertão sergipano e será fundamental para estimular a diversificação e agregar valor aos produtos. A assistência técnica ajudará o queijeiro a avançar, aprimorando a qualidade do produto”, explicou Ivan Sobral, presidente do sistema FAESE / Senar.

Na opinião do deputado Zezinho Sobral, o programa mostrará ao produtor a essência, a importância e a aplicabilidade da Lei das Queijarias. “Dialogaremos com os produtores e queijeiros sobre os detalhes da Lei, incentivando-os a fazer a qualificação para que se tornem mestres certificados pelo Senar, com participação efetiva da Federação da Agricultura, para contribuir com o desenvolvimento e fortalecer em Sergipe aqueles que diariamente trabalham e merecem avançar. A Lei das queijarias artesanais reforça que a produção artesanal é forma de agregar valor à produção leiteira que pode ser orientada pela cultura regional, pelo emprego de técnicas tradicionais ou mesmo por inovadoras que garantem ao produto a aparência e o sabor específico do tipo de queijo artesanal. A Lei destaca, também, a importância do Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade (RTIQ), que é o reconhecimento dos métodos de fabricação do queijo”, pontua o deputado estadual.

Programação - Seminário de Leites e Derivados do Alto Sertão Sergipano

Quinta-feira - 14 de novembro

9h- Recepção

9h30 - Legislação Estadual para queijaria artesanal

Palestrante: Dep. Zezinho Sobral

9h50 Políticas de fomento e regulamentação da produção artesanal

Palestrante: Coordenador da produção artesanal do Ministério da Agricultura: Rodrigo Lopes de Almeida

10h30 - Programa de Assistência Técnica e Gerencial para agroindústrias de pequenos laticínios

11h – Encerramento

Fonte e foto assessoria