siga nossas
redes sociais:

Movimento É de Sergipe se reúne hoje com a Emsurb para discutir a taxa de fachada

11 de Setembro de 2019, 15:06

As lideranças do Movimento É de Sergipe e de outras entidades empresariais se reúnem, hoje, às 16 horas, com o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Luiz Roberto Dantas, para mais uma discussão sobre a taxa de fachada. Em virtude da mobilização do É de Sergipe, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, suspendeu a cobrança da taxa e as fiscalizações, até que as categorias empresariais e o poder público chegassem a um consenso.

No encontro de hoje, o presidente da Emsurb vai apresentar aos empresários a proposta do governo para essa questão. Na última reunião, dia 3 de setembro, o É de Sergipe defendeu que se deve atingir até 60% do espaço da fachada linear em metro quadrado, bem como regulamentar as publicidades para evitar invasão nas calçadas. Outra proposta do É de Sergipe é que o revestimento das paredes, mesmo que seja em ACM, não seja cobrado como material de publicidade. Os painéis em ACM (alumínio composto, do inglês Aluminum Composite Material) podem ser usados no revestimento de fachadas, coberturas e marquises.

O presidente da Emsurb se encontrou com o prefeito Edvaldo Nogueira, após sua viagem à Brasília, para mostrar a proposta do empresariado e análise técnica. Luiz Roberto frisou, na ocasião, que houve compreensão em alguns pontos que foram devidamente esclarecidos, por não se tratar apenas de uma questão de fachada e publicidades, mas, principalmente, pela poluição visual, harmonização da cidade, e também o aspecto de segurança quanto ao peso dos engenhos publicitários. “Tudo isso foi discutido num diálogo transparente e claro”, frisou.

Da assessoria